Mercado abrirá em 6 h 14 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,57
    +0,10 (+0,13%)
     
  • OURO

    1.891,70
    +1,00 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    22.613,96
    -598,37 (-2,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    520,79
    -16,10 (-3,00%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.466,40
    +182,88 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    27.579,17
    -27,29 (-0,10%)
     
  • NASDAQ

    12.596,50
    +51,25 (+0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5769
    +0,0095 (+0,17%)
     

Novas folhas de hidrogel conseguem absorver até 100 vezes seu peso em água

Pesquisadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, desenvolveram um material tão fino quanto uma folha de papel que é capaz de absorver até 100 vezes seu peso em água. A invenção é um novo hidrogel, semelhante ao que já é usado em fraldas e absorventes, porém cerca de 30% mais eficiente que outros materiais porosos, como o papel toalha.

A instrução, comum nos banheiros públicos, de utilizar apenas duas folhas de papel toalha para secar as mãos às vezes é frustrante ou mesmo ignorada. O grande volume gerado desse resíduo pode diminuir graças aos estudos deste novo material, publicados no periódico Matter. Além do uso cotidiano, o hidrogel desenvolvido pelos cientistas também pode ser útil em aplicações médicas e na limpeza de resíduos tóxicos.

Comparação da capacidade de absorção de água entre a folha de hidrogel e um tecido de algodão (Imagem: Reprodução/Raghavan et al./Matter)
Comparação da capacidade de absorção de água entre a folha de hidrogel e um tecido de algodão (Imagem: Reprodução/Raghavan et al./Matter)

Os hidrogéis utilizados até hoje não possuem boa capacidade de reutilização: após secarem depois do primeiro uso, eles se tornam frágeis e deterioram rapidamente. É isso que o grupo de pesquisa está tentando mudar. Além da alta eficiência de absorção, o material desenvolvido pode ser dobrado e cortado como o papel. O co-autor do estudo, Srinivasa Raghavan, afirma que “esse é o primeiro hidrogel reportado com tais características táteis e mecânicas.”

A fabricação do material envolve a mistura de um ácido, uma base e outros químicos em sacos herméticos. Dentro deles, a mistura gera gás carbônico, formando bolhas que garantem a porosidade desejada. Os sacos são colocados então entre placas de vidro e expostos a radiação ultravioleta. Por fim, as folhas obtidas são submersas em glicerol e álcool, o que garante sua flexibilidade e capacidade de retenção dos líquidos.

Comparação da absorção de sangue com um pedaço de gaze (Imagem: Reprodução/Raghavan et al./Matter)
Comparação da absorção de sangue com um pedaço de gaze (Imagem: Reprodução/Raghavan et al./Matter)

Uma folha de hidrogel foi capaz de absorver 25 ml de água em 20 segundos, enquanto um tecido de algodão absorve 60% dessa quantia. O material também se provou mais eficiente que gaze na absorção de sangue.

O material ainda está em vias de ser barateado para ser disponibilizado para consumo. A equipe também espera torná-lo reutilizável e capaz de absorver mais tipos de líquidos, como óleos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: