Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.107,50
    -470,32 (-0,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Nova Xiaomi Mi TV Stick vaza revelando tamanho maior

·2 minuto de leitura

É possível transformar uma TV simples em smart graças a dispositivos que embutem sistemas inteligentes que rodam apps. O Brasil possui várias opções do tipo, como soluções Roku, Fire TV, e Android TV. A Xiaomi oferece por aqui a Mi TV Stick, que conectada a uma porta HDMI leva qualquer streaming para a tela. E parece que a fabricante já trabalha na próxima geração do gadget.

Aliás, esses trabalhos estariam bem adiantados: imagens da próxima TV box Android compacta da empresa vazaram através de um órgão de certificação. Nele, a Mi TV Stick — que deve mudar de nome para perder a marca Mi — aparece com suas medidas de comprimento e largura. Seriam 110 x 30 cm, indicando tamanho maior que o modelo já disponível.

(Imagem: Stufflistings/SlashLeaks)
(Imagem: Stufflistings/SlashLeaks)

Seguindo sua nova estratégia de acabar com o nome Mi, o novo dispositivo tem o novo logo da Xiaomi estampado no seu corpo. Isso deve levar a uma reformulação do seu nome. Xiaomi TV Stick? Apenas Xiaomi TV? O vazamento não dá conta do nome comercial do aparelho, então a resposta fica para depois.

Novo hardware e recursos?

A nova geração de um produto traz expectativas quanto às melhorias que serão promovidas. A atual Mi TV Stick oferece resolução de saída de 1080p, 1 GB de memória RAM, 8 GB de armazenamento, Bluetooth 4.2, e CPU quad-core Cortex-A53. Não há suporte para tecnologias de imagem como HDR e Dolby Vision, porém.

Com recursos ainda incertos, faria sentido a Xiaomi melhorar alguns desses aspectos, incluindo, por exemplo, suporte à resolução Ultra HD e protocolos como HDR10+ e Dolby Vision. Isso tornaria a novidade mais competitiva em um mercado em que Google, Roku e Amazon também oferecem opções acessíveis com recursos avançados, e onde até a Realme parece estar prestes a investir.

Outra mudança que poderá chegar com a sucessora da Mi TV Stick diz respeito ao controle remoto, mas ele ainda não vazou em nenhuma imagem. Na primeira geração vimos botões dedicados aos serviços Netflix e Amazon Prime Video. Ele também traz atalho para a Google Assistente.

Como a Xiaomi trouxe as Mi Box S e Mi TV Stick para o Brasil, o histórico é bom para quem já está curioso com a nova geração Android TV da empresa. Mas, por ainda não ter sido sequer confirmado pela própria empresa, é incerto quando o novo gadget chegará ao mercado. Por enquanto, no país, a empresa têm inaugurado mais lojas físicas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos