Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,89
    +3,40 (+3,08%)
     
  • OURO

    1.822,90
    +14,70 (+0,81%)
     
  • BTC-USD

    29.980,18
    -901,82 (-2,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,04
    +424,36 (+174,87%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.236,75
    -146,00 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2810
    +0,0219 (+0,42%)
     

Nova versão do GitHub para desktop traz melhorias para o fluxo de trabalho

A plataforma de desenvolvimento GitHub anunciou nesta terça-feira (26) o GitHub Desktop 3.0, nova versão para computadores do aplicativo do serviço que chega com novidades para facilitar a utilização das ferramentas contidas no site pelos usuários — e, no processo, lidar de forma mais eficaz com o fluxo de trabalho dos programas.

Em geral, a atualização 3.0 do GitHub Desktop foca em melhorar a usabilidade da plataforma em vez de adicionar novas funções ao aplicativo. Uma dessas melhorias está presente nos pull requests, notificações que servem para informar usuários de um mesmo repositório sobre alterações em um projeto.

A partir da versão 3.0 do GitHub Desktop, os pull requests agora são verificados de forma mais rápida pela plataforma, para caso qualquer erro em potencial seja encontrado, eles possam ser resolvidos de forma rápida pelo responsável — impedindo assim que outros colaboradores daquele repositório tenham que lidar com erros do código vindos de commits que tenham arquivos faltando, por exemplo.

<em>Exemplo de edição de pull request no GitHub Desktop 3.0. (Imagem: Divulgação/GitHub)</em>
Exemplo de edição de pull request no GitHub Desktop 3.0. (Imagem: Divulgação/GitHub)

Ainda em notificações, quando um outro usuário do repositório for acessar e avaliar um commit, quem enviou o código para a plataforma receberá um alerta sobre o processo. Sergio Padrino, Staff Software Engineer do GitHub, afirma que essa mudança foi feita pensando em um aumento de velocidade de resposta a mudanças feitas por colegas em commits — buscando, dessa forma, melhorar a eficiência dos fluxos de trabalho.

Por fim, ainda visando a produtividade e melhorias em fluxos de trabalho, o GitHub Desktop 3.0 não enviará notificações sobre mudanças em qualquer repositório ou pull request do usuário, mas sim somente para ações consideradas realmente importantes, como as descritas acima.

GitHub Desktop é open source

Padrino explicou no anúncio do GitHub Desktop 3.0 que uma equipe dentro da plataforma está ativamente trabalhando para sempre melhorar a aplicação, mas que graças a sua natureza open source, usuários de todo o mundo podem colaborar com o programa — totalizando mais de 32 mil commits e 4,6 mil pull request no repositório referente ao app.

Com isso, mesmo que no momento o GitHub Desktop 3.0 só esteja disponível para o Windows e para o macOS, não é errado imaginar que nos próximos dias versões adaptadas para o Linux por usuários do sistema operacional apareçam na plataforma.

Por fim, usuários que se interessarem em testar em primeira mão as novidades de futuras versões da aplicação podem acessar o Canal de Beta do GitHub Desktop.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos