Mercado abrirá em 2 h 57 min

Nova versão do Chrome bloqueia notificações abusivas; veja outras novidades

Wagner Wakka

O Google lançou a versão 84 do Chrome com algumas pequenas mudanças em pano de fundo para o usuário. As duas principais agora estão no bloqueio automático de pop-ups em sites que abusam da ferramenta de notificação e a compatibilidade com mecanismo de OTP para autenticação.

Segundo a página da atualização, o Chrome 84 já barra notificações em pop-up de alguns sites, sendo que agora o usuário deve optar manualmente por receber as mensagens. Conforme explicação, a lista é formada com base na reputação de um site com utilização do recurso de notificação.

Já a outra modificação está na API de Web OTP. A sigla significa senha de utilização única e é relativa àqueles códigos que você recebe quando aciona um sistema de autenticação em dois fatores. O Web OTP permite que o sistema reconheça sozinho o SMS e importe a senha para o seu navegador automaticamente, sem precisar copiar o código. Essa função só é compatível com versão mobile do Chrome.

Outras mudanças

A companhia também adicionou algumas possibilidades de melhoria de vida para o usuário. Uma delas é o chamado Screen Wake Lock API, uma ferramenta que permite que a tela do smartphone nunca se apague caso você esteja em um determinado site.

O exemplo que o Google dá é relacionado a receitas. Quando se está com o smartphone ou tablet aberto para checar ingredientes, é corriqueiro ter que tocar na tela para ativá-la a cada minuto. Com o Screen Wake Lock API, é possível travar o display sempre ligado.

O Chrome 84 também adicionou novas possibilidades de animações em apps para desenvolvedores. Por fim, outra novidade é que o navegador trava por padrão o download de arquivos oriundos de sites sem HTTPS. Caso você tente realizar a ação, um alerta surge com os riscos atrelados a isso, sendo possível ignorar o bloqueio.

O Chrome 84 está disponível para versões em Android, Windows, Mac e Linux e pode ser baixado no site oficial do Google.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: