Mercado abrirá em 1 h 44 min
  • BOVESPA

    115.062,54
    -1.118,01 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,47
    -0,14 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.780,20
    -14,60 (-0,81%)
     
  • BTC-USD

    47.928,95
    +308,24 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.233,12
    +35,91 (+3,00%)
     
  • S&P500

    4.480,70
    +37,65 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.814,39
    +236,82 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.047,78
    +31,29 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.482,50
    -21,50 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1446
    -0,0514 (-0,83%)
     

Nova vacina da China se mostra 82% eficaz contra Covid grave

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Uma vacina da chinesa Chongqing Zhifei Biological Products demonstrou 82% de eficácia contra casos graves da Covid-19, reforçando a campanha do país para imunizar sua gigantesca população.

No estágio final dos testes clínicos, a vacina ZF2001 mostrou eficácia de 92,93% contra a variante alfa e de quase 78% contra a delta, que é mais infecciosa, segundo documentação da empresa. A companhia não revelou se as taxas se referem apenas a casos graves ou a todas as infecções sintomáticas, incluindo casos leves.

Nenhuma das pessoas que recebeu a vacina precisou de tratamento médico crítico ou faleceu, afirmou o comunicado. Os resultados foram baseados em uma análise provisória de 221 infecções no estudo que envolveu 28.500 pessoas.

A vacina da Zhifei é a quinta desenvolvida na China e validada em um grande teste clínico realizado em locais que ainda enfrentam surtos. A vacina foi elaborada em parceria com o Instituto de Microbiologia da Academia Chinesa de Ciências, o principal órgão de pesquisa científica do país. Sua eficácia contra a variante alfa parece ser uma das mais altas até o momento entre todas as vacinas da China contra a Covid-19.

A Zhifei iniciou a fase III dos testes, a etapa final antes da autorização, para uso experimental em dezembro no Uzbequistão e deu a largada a testes no Paquistão em fevereiro. A vacina também está sendo testada no Equador e Indonésia. A China aprovou o uso emergencial do imunizante em 10 de março e a vacina da Zhifei é agora uma das muitas que estão sendo distribuídas pelo país.

Sua tecnologia é semelhante à da Novavax, que tem 90% de eficácia contra Covid sintomática, mas em outro estudo se mostrou aparentemente bem menos eficaz contra a variante beta. As vacinas de tecnologia mRNA da Pfizer e da Moderna parecem resistir bem às variantes de modo geral, incluindo a delta, que foi identificada pela primeira vez na Índia e se espalhou para mais de 100 países.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos