Mercado fechará em 3 h 16 min
  • BOVESPA

    119.195,02
    -369,41 (-0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.773,20
    +373,40 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,73
    -0,90 (-1,37%)
     
  • OURO

    1.815,70
    +31,40 (+1,76%)
     
  • BTC-USD

    57.160,81
    -153,42 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.489,21
    +17,79 (+1,21%)
     
  • S&P500

    4.183,26
    +15,67 (+0,38%)
     
  • DOW JONES

    34.407,42
    +177,08 (+0,52%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.581,00
    +90,00 (+0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3658
    -0,0611 (-0,95%)
     

Nova turma de astronautas chega em segurança à Estação Espacial Internacional

Wyllian Torres
·2 minuto de leitura

A tripulação a bordo da espaçonave Soyuz MS-18 chegou em segurança à Estação Espacial Internacional (ISS). O foguete foi lançado na madrugada desta sexta (9), por volta das 4h42 (horário de Brasília), a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. Pouco mais de três horas após o lançamento, o astronauta da NASA Vade Hei, e os cosmonautas da Agência Espacial Russa (Roscosmos) Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov, acoplaram em segurança, às 8h05.

A nave responsável pelo transporte recebeu foi nomeada como “Yu.A Gagarin”, em homenagem ao cosmonauta Yuri Gagarin, o primeiro ser humano a ir ao espaço — no próximo dia 12, completam-se 60 anos deste voo histórico. Os tripulantes da Soyuz MS-18 fazem parte da Expedição 65 e agora se juntam à tripulação da Expedição 64 — Kate Rubins, Sergey Kud- Sverchkov e Sergey Ryzhikov —, que, depois de seis meses em missão, retornam para a Terra no próximo dia 16 de abril. No momento, a ISS tem 10 residentes a bordo, número recorde.

Mark Vande Hei, Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov, a bordo da nave Soyuz (Imagem: Reprodução/NASA)
Mark Vande Hei, Oleg Novitskiy e Pyotr Dubrov, a bordo da nave Soyuz (Imagem: Reprodução/NASA)

Depois da partida da Expedição 64, a tripulação passará para o comando da astronauta Shannon Walker. Para o dia 15 de abril, está prevista uma cerimônia com todos os membros da tripulação, quando ocorrerá a troca de comando oficialmente.

Os novos tripulantes da ISS passarão os próximos seis meses no laboratório espacial desenvolvendo pesquisas em desenvolvimento de tecnologia, ciências da Terra, biologia, pesquisa humana e outras. Este já é o segundo voo para Hei, o terceiro para Novitskiy e o primeiro para Dubrov. Durante a expedição 65, a tripulação receberá mais quatro integrantes a bordo do voo comercial Crew-2, prevista para ser lançado no dia 22 de abril. Enquanto isso, a primeira missão comercial, Crew-1, retorna para a Terra no dia 28.

A seguir, o momento em que a nave se acopla à ISS:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A ISS completou 20 anos de desenvolvimento de pesquisas e de presença humana no espaço, em novembro do ano passado. Já são mais de duas décadas de demonstrações de tecnologia que nos preparam para missões espaciais de longa duração, inclusive o comportamento do nosso organismo em condições extremas. Cerca de 243 pessoas já passaram pela estação, vindas de 19 países, além de desenvolver mais de 3 mil pesquisas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: