Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,33 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,59 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    43.273,49
    +577,33 (+1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,20 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,84 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Nova tela MicroLED de mil polegadas da Samsung não é para a sua casa

·2 minuto de leitura

A Samsung anunciou nesta semana a nova geração da The Wall, sua tela modular MicroLED gigante, que chega ao mercado com melhorias visuais e de design. O novo display, que mede mais de mil polegadas, faz parte da série IWA e é destinado especialmente para empresas e comércios.

De acordo com a divulgação, a nova tela MicroLED da série The Wall conta com LEDs 40% menores do que a geração passada, o que resulta em um contraste maior e em melhorias na uniformidade das cores. A Samsung explica que a nova inteligência artificial do display também permite que a qualidade e o contraste da imagem sejam aprimorados, com redução de ruídos na tela.

(Imagem: Divulgação/Samsung)
(Imagem: Divulgação/Samsung)

A nova The Wall chega com uma resolução de 8K com taxa de atualização de 120 Hz. No entanto, graças ao seu design modular, é possível que os painéis da nova The Wall da Samsung sejam montados em várias opções de combinação para criar, por exemplo, um aspecto ultrawide de 15.360 x 2.160 pixels, com resolução de 16K. Além disso, o display também conta com um brilho máximo de 1.600 nits.

A tecnologia MicroLED do novo display The Wall da Samsung permite que os LEDs se auto iluminem para criar a imagem e, com isso, pode resultar em uma cor preta mais intensa, já que os pixels podem ser apagados completamente — assim como acontece com telas OLED. No entanto, a vantagem do MicroLED é que o display não está sujeito a danos de imagem, como burn-in, por exemplo.

(Imagem: Divulgação/Samsung)
(Imagem: Divulgação/Samsung)

A nova The Wall já está disponível em alguns mercados ao redor do mundo e, em seu anúncio, a Samsung demonstrou a utilização do painel na fachada de uma loja, dentro de um shopping.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos