Mercado fechará em 4 h 28 min

Nova tecnologia da Embratel promete diálogos mais naturais com chatbots

Rubens Eishima

A inteligência artificial tem sido apontada para a solução de muitas coisas, mas melhorar o atendimento em SACs não é a primeira coisa que vêm à mente. Pois a Embratel anunciou o lançamento do Bot Pronto, que usa a tecnologia IBM Watson para tornar mais natural a comunicação de empresas com seus clientes.

O serviço funciona não apenas com textos, mas também com imagens e outros recursos interativos. O sistema identifica padrões de interação para “dialogar”, esclarecer dúvidas e fornecer informações.

“É um recurso que beneficia o usuário final fornecendo interação imediata e mais praticidade e comodidade para se comunicar com a empresa [...] com respostas inteligentes e soluções mais rápidas e efetivas”, afirmou Mário Rachid, diretor executivo de soluções digitais da empresa.

O uso do processamento de linguagem natural (NLP, na sigla em inglês) não representa a extinção do atendimento pessoal, segundo a Embratel. A empresa afirma que as equipes poderão se dedicar a casos mais complexos, não atendidos pela inteligência artificial.

Implementação em etapas

A implementação dos “chatbots” é feito em etapas, com acompanhamento de uma equipe da Embratel. O processo começa com a identificação de uma “personalidade” para a assistente virtual e um levantamento de perguntas e respostas possíveis.

O segundo passo envolve programar parte das perguntas e respostas mais comuns, além de preparar a estrutura do sistema. Depois disso, é feito o treinamento da IA, seguido da implantação da assistente na página da empresa, com painel de administração e personalização visual.

Entre as vantagens apresentadas pela empresa para o serviço estão a disponibilidade durante 24 horas por dia, a capacidade de entender perguntas feitas de diferentes formas e até imagens.

De acordo com a Embratel, o serviço estará disponível para contratação por outras companhias a partir desta semana, dentro do portfólio de soluções digitais da empresa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: