Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.366,46
    -1.488,19 (-2,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Nova regra tributária de Biden encolheria fortunas em heranças

Caleb Melby e David Kocieniewski
·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Jeff Bezos tem uma ex-esposa, uma namorada, quatro filhos e bilhões de motivos para ver se a reforma tributária de Joe Biden será aprovada no Congresso dos Estados Unidos.

Os herdeiros do fundador da Amazon.com podem ter de pagar mais de US$ 36 bilhões se o presidente dos EUA conseguir fechar uma brecha que ajuda os ricos a transferirem suas fortunas sem pagar impostos no momento da morte.

Pelas regras atuais, quem herdar ações da Amazon compradas por Bezos em 1994 por US$ 10 mil, avaliadas em US$ 180 bilhões hoje, receberá o chamado “step-up" na base, eliminando qualquer imposto sobre ganhos de capital. O plano de Biden fecharia essa brecha e aplicaria a alíquota mais alta sobre ganhos de capital imediatamente quando os ativos fossem transferidos para herdeiros ricos. Se a alíquota aumentar - é de 20% para ações como a de Bezos, e Biden quer elevá-la para 39,6% - a possível despesa com impostos também subiria.

Para Bill e Melinda Gates, que anunciaram seu divórcio na segunda-feira, uma mudança na regra step-up pode ser menos custosa. A fortuna dos Gates, avaliada em US$ 145,8 bilhões, é mais antiga, e eles já venderam ou doaram grande parte da participação na Microsoft. Mas ainda restam US$ 26 bilhões em ações da Microsoft, e não está claro como o casal administrará os ativos em uma separação.

O Congresso dos EUA estima que a prática atual para ativos herdados custa ao governo cerca de US$ 43 bilhões por ano. Acabar com essa prática e aumentar a alíquota representaria o maior freio à riqueza dinástica em décadas, alterando um cenário econômico dominado por algumas famílias ricas. Um porta-voz da Amazon não respondeu a perguntas por e-mail sobre as ações de Bezos.As propostas estão longe de se tornarem lei, embora os democratas controlem as duas casas do Congresso e ameacem ricos que doaram para os dois partidos políticos e que fizeram lobby contra eles. Mas os defensores da proposta dizem que se livrar da regra, conhecida pelos planejadores imobiliários como a brecha do Anjo da Morte, é crucial para alcançar a visão de justiça tributária de Biden. Caso contrário, economistas projetam que o aumento proposto na alíquota sobre ganhos de capital incentivaria ainda mais a retenção de ativos até a morte, diminuindo a receita do Tesouro.

A regra atual permite que investidores transfiram os ativos aos herdeiros praticamente sem pagar impostos, elevando a quantia tributável de uma propriedade ao seu valor justo de mercado no momento em que é herdada. Um beneficiário que herda uma casa no valor de US$ 1 milhão comprada por US$ 100 mil duas décadas antes não teria nenhum ganho de capital. Se mais tarde for vendida por US$ 1,5 milhão, só pagará impostos sobre US$ 500 mil. A regra também se aplica às ações da Amazon, que subiram mais de 200.000% desde a oferta pública inicial em 1997, bem como outros ativos que se valorizaram.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.