Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.491,86
    +1.924,14 (+4,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Nova Microsoft Store começa a ser testada no Windows 10

·2 min de leitura

Logo após o lançamento oficial do Windows 11, a Microsoft confirmou que a sua loja reformulada de aplicativos também desembarcaria no Windows 10. Esse anúncio deixou muita gente feliz da vida, afinal haveria a possibilidade de ter acesso à toda biblioteca de apps novos, ao sistema de atualização inteligente (similar aos celulares) e, quem sabe, aos programas do Android.

A Microsoft Store foi liberada para assinantes do Windows Insiders no canal Release Preview no Windows 10. Essa é a primeira oportunidade para os usuários da versão anterior experimentarem todas as vantagens da loja virtual: suporte a aplicativos Win32 não empacotados (você não precisa baixar pelo navegador e instalar manualmente como antes), capacidade de acessar conteúdo da Disney+ no desktop e a interface renovada do Windows 11 — não há suporte a apps de Android até o momento.

A loja da Microsoft chega agora para o Windows 10 (Imagem: Reprodução/Microsoft)
A loja da Microsoft chega agora para o Windows 10 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Como esse é um passo final antes da liberação definitiva, não deve levar muito tempo para a nova Microsoft Store desembarcar para todos os usuários do Windows 10. Essa liberação deve ser a prova de fogo para a companhia, afinal a loja passará a ser disponibilizada para cerca de 1,3 bilhão de dispositivos mundo a fora.

O Windows 11 está no mercado desde o começo de outubro, mas as exigências de TPM 2.0 e Secure Boot, bem como uma série de bugs, afastaram a maioria dos usuários tradicionais do antecessor, que dificilmente vão atualizar as configurações do PC apenas para mudar de sistema.

Store no Win 10

Quem já viu a aparência da loja virtual no Windows 11 não se surpreenderá no Windows 10, porque ela terá o mesmo visual. A coluna localizada à esquerda reunirá as principais categorias, enquanto a área central deve destacar os apps em alta no momento, separados em aplicativos, jogos, filmes e séries.

A diversidade do catálogo, contudo, é a maior novidade. Se antes a loja era apenas um repositório de programas desconhecidos e aplicações da próxima Microsoft, hoje ela reúne softwares muito mais renomados e aplicações da web (PWA) para entregar serviços diversos, redes sociais, streaming e até games.

A Microsoft Store para Windows 10 pode ser uma solução interessante para incentivar os desenvolvedores a levar suas aplicações para a vitrine, porque abrirá um caminho bastante promissor para ser explorado. Quem é testador beta do programa Insider, deve acessar o canal Release Preview e verificar se há atualizações. Para os demais, o jeito é aguardar mais algumas semanas com ansiedade e expectativa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos