Mercado abrirá em 5 h 24 min
  • BOVESPA

    108.402,27
    +1.930,27 (+1,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.354,86
    +631,46 (+1,35%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,90
    -0,86 (-0,95%)
     
  • OURO

    1.800,30
    -4,90 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    23.837,32
    +40,31 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,09
    +14,21 (+2,62%)
     
  • S&P500

    4.140,06
    -5,13 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    32.832,54
    +29,04 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.477,55
    -4,82 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    20.009,41
    -36,36 (-0,18%)
     
  • NIKKEI

    27.999,96
    -249,28 (-0,88%)
     
  • NASDAQ

    13.183,50
    +0,25 (+0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2164
    +0,0070 (+0,13%)
     

Nova imagem do James Webb fornece detalhes de galáxia rara

O telescópio James Webb surpreendeu mais uma vez, dessa vez com a imagem da galáxia Cartwheel, também conhecida como galáxia da Roda de Carro. Trata-se de uma galáxia anular, ou seja, em formato de anel, localizada a 500 milhões de anos-luz. A nova foto revela mais sobre como ela mudou ao longo de bilhões de anos.

Esta galáxia se formou a partir da colisão entre uma galáxia espiral e uma galáxia menor. Assim, ela ganhou dois anéis, um interno e mais brilhante e outro na borda da estrutura. Ambos se expandem para fora do centro da colisão.

Galáxia Cartwheel e suas companheiras, em uma composição com dados das câmeras NIRCam e MIRI (Imagem: Reprodução/NASA/ESA/CSA/STScI)
Galáxia Cartwheel e suas companheiras, em uma composição com dados das câmeras NIRCam e MIRI (Imagem: Reprodução/NASA/ESA/CSA/STScI)

Para essa imagem, o Webb usou o instrumento Near-Infrared Camera (NIRCam), seu principal gerador de imagens, que "enxerga" na faixa do infravermelho próximo entre 0,6 a 5 mícrons. Isso revelou detalhes cruciais para ajudar os astrônomos a compreenderem melhor esta galáxia, incluindo mais estrelas quando comparado às observações na luz visível.

Os pontos azuis individuais, neste caso, são estrelas ou regiões de formação estelar. Também notamos a diferença entre a distribuição das populações estelares mais antigas no núcleo (e a poeira densa também ali presente) e as aglomerações de populações estelares mais jovens fora dele.

No anel externo, que se expandiu por cerca de 440 milhões de anos, há uma grande quantidade de estrelas e supernovas. Ele segue avançando sobre o gás circundante e desencadeando a formação de mais estrelas. A imagem também mostra que a galáxia está em um estágio muito transitório, ou seja, continuará a mudar de formato.

Galáxia Cartwheel pela câmera MIRI, do James Webb, que captura dados no infravermelho médio; regiões empoeiradas e estrelas jovens dentro da Galáxia Cartwheel foram reveladas com maior detalhes (Imagem: Reprodução/NASA/ESA/CSA/STScI)
Galáxia Cartwheel pela câmera MIRI, do James Webb, que captura dados no infravermelho médio; regiões empoeiradas e estrelas jovens dentro da Galáxia Cartwheel foram reveladas com maior detalhes (Imagem: Reprodução/NASA/ESA/CSA/STScI)

Dentro da Cartwheel, foram detectados compostos como hidrocarbonetos e poeira de silicato, mas ainda há muito mistério oculto em camadas de poeira espessa. Telescópios como o Hubble não conseguiram observar atrás dessas nuvens, mas agora a estrutura interna da galáxia pode ser melhor investigada com a câmera infravermelha do Webb.

Com os dados da câmera MIRI, no infravermelho médio, o Webb revelou estrelas jovens, muitas delas no canto inferior direito do anel externo, energizando a poeira de hidrocarbonetos ao redor — daí o brilho em laranja nessas regiões empoeiradas. Já a poeira entre o núcleo e o anel externo (formando os “raios” que lembram um pouco os braços de uma galáxia espiral), é principalmente poeira de silicato.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos