Mercado abrirá em 7 h 2 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,90
    -0,60 (-0,66%)
     
  • OURO

    1.768,70
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    22.800,59
    -627,55 (-2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    541,80
    -15,93 (-2,86%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.800,20
    +36,29 (+0,18%)
     
  • NIKKEI

    28.918,49
    -23,65 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    13.477,75
    -45,50 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    -0,0023 (-0,04%)
     

Nova HQ do Pantera Negra sugere um segredo sombrio de Wakanda

Desde que surgiu nos quadrinhos, e mais recentemente nos cinemas, Wakanda sempre teve a mesma caracterização: a de uma sociedade afrofuturista que equilibra a monarquia e ritos tribais com tecnologia de ponta, em uma utopia em que as doenças e os crimes, aparentemente, não fazem parte das grandes preocupações dos moradores da nação do Pantera Negra. Contudo, isso estaria sendo colocado em xeque, em uma trama que traz a revelação de um segredo sombrio no local.

Atenção: contém spoilers de Black Panther #7!

Tanto T’Challa quanto seu país estrearam em Fantastic Four #52, de 1961, quando a primeira família de heróis encontra com o rei de Wakanda e quase é toda derrotada pelo Pantera Negra. Posteriormente, ele mostra boas intenções e sua nação também parece estar do lado dos heróis na luta contra o vilão Klaw.

Desde então, Wakanda vem sendo mostrada como um lugar muito à frente do tempo de qualquer país; e nem mesmo parece compartilhar de problemas em comum com a população do Ocidente e do Oriente na Terra. Mas, em Black Panther #7, lançado na semana passada nos Estados Unidos, a trama mostra uma faceta de Wakanda que ninguém ainda tinha visto — pelo menos não da maneira que é revelada.

Capa de Black Panther #7, HQ do Pantera Negra que chegou às bancas gringas recentemente (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Capa de Black Panther #7, HQ do Pantera Negra que chegou às bancas gringas recentemente (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Na história escrita por John Ridley e desenhada por Stefano Landini, T’Challa escapa de um grupo de guerreiros wakandianos que trabalha para o governo. Nos últimos meses, Wakanda vem fazendo a transição da monarquia absoluta para a democracia, com o objetivo de se conectar melhor com os outros governos do mundo — algo que o Pantera Negra parece não concordar, principalmente da forma que isso vem acontecendo.

Em certo momento, a polícia secreta de Wakanda, denominada de Hatut Zeraze, diz que os rebeldes pagam por seus atos com suas vidas. E em outro trecho, há uma citação envolvendo o primeiro-ministro da nação que indica o monitoramento constante do governo — algo que até lembra um regime totalitário.

Sequência de nova HQ do Pantera Negra sugere um estado de força policia (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Sequência de nova HQ do Pantera Negra sugere um estado de força policia (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

A movimentação política no governo de Wakanda, assim como o monitoramento e a severidade das autoridades sugere um estado de força policial que já dura décadas, senão séculos, no país. E essa é uma revelação de um segredo sombrio que nunca havia sido mostrado explicitamente.

Já sabíamos que Wakanda é dominada por tribos guerreiras, com grupos fortemente treinados para a batalha — inclusive as próprias Dora Milaje mostram a constante proteção às autoridades. Contudo, é a primeira vez que vemos a então aparente utopia de Wakanda ser “desconstruída” dessa forma.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos