Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.867,97
    -495,13 (-0,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.297,63
    -416,97 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,03
    +0,37 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.800,10
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    61.487,48
    +2.315,38 (+3,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.486,79
    +67,41 (+4,75%)
     
  • S&P500

    4.596,37
    +44,69 (+0,98%)
     
  • DOW JONES

    35.729,62
    +238,93 (+0,67%)
     
  • FTSE

    7.249,47
    -3,80 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.737,25
    +150,00 (+0,96%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5709
    +0,1462 (+2,28%)
     

Nova fase de flexibilização na cidade do Rio começa nesta terça, com liberação de eventos ao ar livre e de público nos estádios

·1 minuto de leitura

A nova fase de flexibilização na cidade do Rio começa nesta terça-feira. Entre as mudanças passam a ser permitidos eventos ao ar livre para até 500 pessoas e presença de público em estádios e ginásios, se seguido os protocolos específicos. Essa é a primeira etapa do novo plano de reabertura do município, conforme o cronograma elaborado pelo Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19 (CEEC).

O decreto com as novas regras foi publicado na última sexta-feira (17). Pela primeira vez o texto condiciona a reabertura de boates e danceterias à cobertura vacinal de 65% da população adulta do Rio com o esquema completo. Quando atingido, esses espaços poderão reabrir com 50% da capacidade. Nesta segunda-feira, a cidade chegou à marca de 99% da população adulta imunizada com a primeira dose contra a Covid-19 e quase 62% dos adultos já completaram o esquema vacinal com duas doses ou dose única.

Além das novas regras de flexibilização, desde o dia 15 é preciso apresentar o comprovante de vacinação em alguns lugares e estabelecimentos de uso coletivo. Academias de ginástica, pontos turísticos, cinemas e teatros estão entre os que devem exigir o documento, que pode ser apresentado em versão digital, por meio do ConecteSUS, e em papel, sendo o cartão ou a caderneta de vacinação. De acordo com a faixa etária da pessoa é preciso observar se são exigidas uma ou duas doses para permitir a entrada e permanências nos seguintes locais:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos