Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,45
    +0,88 (+0,80%)
     
  • OURO

    1.824,90
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    20.829,28
    -194,46 (-0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,24
    -7,56 (-1,64%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.865,37
    -5,90 (-0,02%)
     
  • NASDAQ

    12.088,50
    +48,00 (+0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0160 (-0,29%)
     

Nova CNH começa a ser emitida a partir de 1º de junho; veja mudanças

Novo formato de CNH começa a ser emitida a partir de 1º de junho
Novo formato de CNH começa a ser emitida a partir de 1º de junho
  • O documento possibilitará o uso do nome social e da filiação afetiva do condutor;

  • A CNH terá padrões de segurança contra falsificações, como tinta que brilha no escuro;

  • A nova carteira de motorista também vai facilitar a vida de quem viaja e dirige fora do país.

O novo formato da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passará a ser emitido, a partir desta quarta-feira (1º). Além de ficar mais moderno, o documento possibilitará o uso do nome social e da filiação afetiva do condutor que assim desejar, segundo informações da Segundo a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran),

Outra novidade foi a incorporação de um código internacional utilizado nos passaportes, que permite aos motoristas embarcar em terminais de autoatendimento nos aeroportos brasileiros. O documento também trará informações em inglês e francês a fim de facilitar o uso em outros países.

Em dezembro do ano passado a Resolução 886/2021 instituiu mudanças no novo formato de CNH para que o documento se aproxime de padrão internacional, adotando padrões de segurança contra falsificações, como tinta que brilha no escuro, pictogramas representando as categorias de habilitação e código internacional utilizado em passaportes, para facilitar a vida de quem viaja e dirige fora do país.

Além disso, a nova versão trará uma tabela para identificar os tipos de veículos que o condutor está apto a conduzir, bem como informações sobre o exercício de atividade remunerada do motorista e possíveis restrições médicas.

A nova carteira de motorista será implementada de forma gradual para as novas habilitações, na medida em que os condutores venham a renovar ou emitir a segunda via do documento, não sendo assim, a substituição imediatamente obrigatória aos condutores. O documento terá um QR Code e poderá ser expedido nos formatos físico, digital ou ambos.

Projeto de lei quer que autoescola não seja obrigatória para tirar a CNH

A senadora Kátia Abreu (PDT-TO) enviou para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa uma proposta que tem como objetivo principal acabar com a obrigatoriedade das aulas teóricas e práticas a quem for prestar o exame para tirar a CNH. O PL 6.485/2019 afetaria somente as categorias A e B (moto e carros de passeio), e segue à espera do relatório da CCJ com um posicionamento.

A senadora justificou o Projeto de Lei alegando que é justamente por conta das aulas, teóricas e práticas, que o custo da CNH é tão elevado e que a desobrigatoriedade delas tornaria o sonho da primeira habilitação acessível a uma parte maior da população brasileira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos