Mercado fechado

Nova aérea brasileira já recebeu 10 mil currículos para 600 vagas

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
ITA quer começar a voar já em março de 2021. (Foto: Robert Michael/picture alliance via Getty Images)
ITA quer começar a voar já em março de 2021. (Foto: Robert Michael/picture alliance via Getty Images)

A ITA Transportes Aéreos, nova empresa do Grupo Itapemirim que estima começar a operar voos comerciais domésticos no Brasil já em março de 2021, recebeu 10 mil currículos de interessados em alguma de suas 600 vagas abertas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As vagas são para pilotos, copilotos, comissários, técnicos, entre outros. Os profissionais vão ser contratados para o lançamento da empresa.

Para se inscrever, é preciso acessar o site da empresa, onde há também os requisitos necessários para cada uma das vagas.

Leia também

Segundo a ITA, até o final de 2020 a empresa receberá três aeronaves Airbus A320. O plano é ter 56 aviões no período de três anos, voando para 16 aeroportos brasileiros.

A empresa afirma que seu objetivo é democratizar o acesso a serviços aéreos no Brasil.

Segundo analistas ouvidos pelo jornal O Estado de S.Paulo, uma iniciativa como a da ITA é bem-vinda neste momento, para o setor aéreo. Principalmente no contexto de uma retomada gradual do mercado pós-COVID-19, uma operação menor e mais enxuta poderia encontrar espaço para crescer organicamente.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube