Mercado abrirá em 7 h 20 min

Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a segunda-feira

Foto: Andressa Anholete/Getty Images


O número de casos do novo coronavírus no Brasil foi para o total de 1.344.143 segundo relatório diário (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde); O apoio da população brasileira à democracia aumentou, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada na noite de sábado, atingindo o maior índice da série histórica; Novo secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias afirmou que “artista não quer esmola”, em referência ao auxílio emergencial de R$ 600 ao setor; O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou no domingo (28) que o resultado da pesquisa Datafolha de apoio recorde à democracia mostra que os brasileiros não permitirão "um retrocesso institucional" no país.


Leia abaixo o que você precisa saber para começar bem informado a segunda-feira, 29 de Junho de 2020.


Coronavírus: Brasil tem 1.344.143 casos e mais de 500 mortes entre sábado e domingo

O número de casos do novo coronavírus no Brasil foi para o total de 1.344.143 segundo relatório diário (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. Foram 30.476 casos confirmados e um total de mortes de 57.622 nas últimas 24 horas. Foram computados 552 novos óbitos no período.

Leia a matéria completa.


Apoio à democracia cresce e chega a 75% no Brasil, diz Datafolha

O apoio da população brasileira à democracia aumentou, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada na noite de sábado, atingindo o maior índice da série histórica.

Em meio à crise política no governo Jair Bolsonaro, 75% dos entrevistados avaliaram o regime democrático como o mais adequado, enquanto 10% disseram que a ditadura é aceitável em algumas ocasiões.

Leia a matéria completa.

"Artista não quer esmola", diz Mario Frias sobre auxílio emergencial

Novo secretário especial de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias afirmou que “artista não quer esmola”, em referência ao auxílio emergencial de R$ 600 ao setor, aprovado pelo Congresso, para mitigar os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

“Artista não quer esmola. A maioria que eu vejo diz: ‘Me deixa trabalhar’. Não quero auxílio”, disse Frias em entrevista ao deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Leia a matéria completa

”Brasileiro não permitirá retrocesso institucional”, diz Maia sobre apoio de 75% à democracia

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou neste domingo (28) que o resultado da pesquisa Datafolha de apoio recorde à democracia mostra que os brasileiros não permitirão "um retrocesso institucional" no país.

"Acordei hoje com o Datafolha mostrando que 75% dos brasileiros apoiam o regime democrático. Fico feliz e triste ao mesmo tempo. Feliz por ver que o brasileiro não permitirá um retrocesso institucional", disse.

Leia a matéria completa