Mercado fechará em 4 h 51 min

Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quinta

Coronavírus: Brasil tem 32.548 mortes e 584.016 casos confirmados e 'Racistas não passarão', diz Bruno Covas ao mencionar protestos (AP Photo/Felipe Dana)

Coronavírus: Brasil tem 32.548 mortes e 584.016 casos confirmados, diz Ministério da Saúde; 'Racistas não passarão', diz Bruno Covas ao mencionar protestos; Bolsonaro diz que grupos antifascistas são "marginais" e "terroristas"; Vacina contra coronavírus desenvolvida em Oxford será testada em brasileiros; Bolsonaro questiona mortes por coronavírus no Brasil: "qualquer negócio é covid"; Irmão de Weintraub propõe que médicos contra cloroquina sejam julgados como líderes nazistas

Confira o que você precisa saber para começar a quinta-feira, dia 4 de junho de 2020

Coronavírus: Brasil tem 32.548 mortes e 584.016 casos confirmados, diz Ministério da Saúde

Pelo segundo dia consecutivo, o Brasil registrou um recorde de mortes contabilizadas nas últimas 24 horas, desta vez com 1.349, 127 a mais que o número de terça. A marca anterior era 1.188 vítimas, no dia 21 de maio. Também foram acrescidos outros 28.633 casos no mesmo período, a terceira maior marca até esta quarta.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA

'Racistas não passarão', diz Bruno Covas ao mencionar protestos

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou seu apoio aos protestos contra o racismo por todo o mundo. Ele reconheceu que a capital paulista tem indicadores que revelam grave desigualdade . "A nossa cidade tem 40% de pretos e pardos e sobre eles pesa a desigualdade. Em todos os indicadores sociais, a desigualdade se revela. Mesmo o impacto do coronavírus é maior na população preta, que tem 37% de risco maior de óbito", disse o prefeito. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro diz que grupos antifascistas são "marginais" e "terroristas"

 O presidente Jair Bolsonaro classificou de "marginais" e "terroristas", os grupos antifascismo que têm organizado manifestações pela democracia e contrárias a seu governo, acrescentando que a polícia precisa de "retaguarda legal" para agir com o crescimento "desse tipo de movimento". LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Vacina contra coronavírus desenvolvida em Oxford será testada em brasileiros

A vacina contra o novo coronavírus que está sendo feita na Universidade de Oxford pode ser testada no Brasil. As informações são da agência ANSA. Os testes da próxima fase serão feitos em cinco mil pessoas saudáveis no Reino Unido e cinco mil brasileiras, todas voluntárias. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro questiona mortes por coronavírus no Brasil: "qualquer negócio é covid"

Horas depois de o Brasil bater o recorde de mortos em 24h e ultrapassar a marca dos 30 mil mortos pela pandemia do novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) levantou dúvidas sobre as notificações de óbitos motivados pela Covid-19 no país. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Irmão de Weintraub propõe que médicos contra cloroquina sejam julgados como líderes nazistas

Arthur Weintraub, irmão do ministro Abraham Weintraub e assessor especial do presidente Jair Bolsonaro, comparou médicos a nazistas. A fala foi feita durante um seminário da Fundação Alexandre Gusmão, ligada ao Instituto Rio Branco, do Itamaraty. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.