Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,90
    -0,23 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.777,50
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    57.054,89
    -3.142,52 (-5,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.294,06
    -97,65 (-7,02%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.293,27
    +323,56 (+1,12%)
     
  • NIKKEI

    29.748,10
    +64,73 (+0,22%)
     
  • NASDAQ

    14.030,25
    +0,75 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6702
    -0,0159 (-0,24%)
     

Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a quarta

Redação Notícias
·5 minuto de leitura
A numbered cross marks an empty grave at the Iraja cemetery, where many COVID-19 victims are being buried in Rio de Janeiro, Brazil, Friday, Feb. 5, 2021. (AP Photo/Silvia Izquierdo)
Cemitério do Irajá, no Rio de Janeiro, recebeu várias vítimas de coronavírus (AP Photo/Silvia Izquierdo)

Covid-19: Brasil tem novo recorde de mortes em 24 horas, Einstein bate recorde de internações por Covid-19 nesta terça, 16 pacientes com Covid-19 morrem em SC à espera por leito especializado, São Paulo registra maior número de mortes por Covid desde início da pandemia, governadores formam consórcio para compra de vacina Sputnik V, Covid-19: Médico é espancado após defender lockdown no Paraná, Covid-19: Médica prevê 'março mais triste de nossas vidas', advogado aciona STF para liberar cocaína no tratamento da Covid-19, Flavio Bolsonaro compra mansão de R$ 6 milhões em Brasília, STJ rejeita denúncia da Lava Jato contra Arthur Lira e mulher de deputado justifica auxílio: 'Difícil de cancelar'.

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira, dia 3 de fevereiro de 2021:

Covid-19: Brasil tem novo recorde de mortes em 24h, com 1.641

O Brasil registrou 1.641 novas mortes pelo novo coronavírus e 59.925 casos da doença nesta terça (2). Com isso, o total de mortos chegou a 257.361 e o de casos a 10.646.926, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Einstein bate recorde de internações por Covid-19 nesta terça

Nesta terça-feira, 2, o Hospital Israelita Albert Einstein atingiu o número mais alto de pacientes internados com covid-19: 162 pessoas. O recorde anterior era de 155 pessoas em 19 de janeiro de 2021. O presidente do Einstein, Sidney Klajner, falou sobre os 104% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva, índice atingido pelo hospital na última sexta-feira, 26. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Em uma semana, 16 pacientes com Covid morrem em SC à espera por leito especializado

O estado de Santa Catarina teve 16 mortes de pacientes infectados com Covid-19 que esperavam por leitos especializados entre o dia 21 de fevereiro e esta segunda-feira (1º), de acordo com o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SC) e da prefeitura de dois municípios. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

São Paulo registra maior número de mortes por Covid desde início da pandemia

Nesta terça-feira, 2, o estado de São Paulo registrou o maior número de mortes pelo coronavírus desde o início da pandemia. Foram 468 óbitos em decorrência da covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados da Secretaria da Saúde do estado. Com isso, São Paulo soma 60.014 mortes desde que a pandemia chegou ao Brasil. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Governadores formam consórcio para compra de Sputnik V

Governadores atuarão em consórcio para comprar doses da vacina russa contra Covid-19 Sputnik V e somente o Estado de São Paulo irá adquirir 20 milhões de doses do imunizante, que ainda não tem registro nem autorização para uso emergencial no Brasil, disse nesta terça-feira o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19: Médico é espancado após defender lockdown no Paraná

Um infectologista foi vítima de agressão por defender o lockdown, uma das medidas mais rígidas de circulação contra a propagação do novo coronavírus, no estado do Paraná. Em uma rede social, José Eduardo Panini contou ter levado chutes e socos depois de alertar para a importância da medida para conter o número de mortes. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Covid-19: Médica prevê 'março mais triste de nossas vidas'

Em vários municípios brasileiros, leitos de enfermaria e UTI estão lotados de pacientes com covid-19. Não há mais vagas e os doentes não param de chegar. De acordo com dados das secretarias estaduais de saúde, 17 estados têm ocupação em hospitais acima de 80%, um nível considerado crítico. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Advogado aciona STF para liberar cocaína no tratamento da Covid-19

Depois que o presidente Jair Bolsonaro tentou emplacar a cloroquina para curar a covid-19 - o que já foi descartado pelas autoridades científicas -, o advogado de Manaus Alcio Luiz Pessoa, representante da Escola de Humanismo Científico, protocolou na segunda-feira uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a liberação da cocaína como tratamento contra o coronavírus. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Flavio Bolsonaro compra mansão de R$ 6 milhões em Brasília

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, comprou no início do ano uma mansão no valor de R$ 6 milhões em bairro nobre de Brasília. O valor do imóvel é quase quatro vezes o patrimônio declarado por ele nas eleições de 2018. Naquele ano, ele de informou possuir bens no valor total de R$ 1,7 milhão, incluindo dois imóveis e participações em uma loja de chocolates — recentemente, Flávio vendeu a participação na loja. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

STF rejeita denúncia da Lava Jato contra Arthur Lira

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta terça-feira denúncia contra o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-PI), e outros integrantes do PP que haviam sido acusados pela Procuradoria-Geral da República de terem montado uma organização criminosa com o objetivo de desviar recursos da Petrobras. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Mulher de deputado justifica auxílio: 'Difícil de cancelar'

Mulher do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), a advogada Paola Daniel publicou um vídeo nesta terça-feira justificando o recebimento de auxílio emergencial mesmo ocupando cargo comissionado no Jardim Botânico, órgão federal. Paola alega que cancelar o benefício era "muito burocrático" e " bem complicadinho" e afirma que só soube da existência de dois depósitos de R$ 300 em sua conta após ser procurada pela reportagem do GLOBO. LEIA A MATÉRIA COMPLETA