Mercado fechado

Notícias do dia - O que você precisa saber para começar a sexta

Queiroz foi preso pela Polícia Civil de São Paulo e Weintraub foi demitido do Ministério da Educação (Fotos: Getty Images)

Covid-19: Brasil tem 47.748 mortes e 978.142 casos confirmados, Fabrício Queiroz é preso no interior de SP, Bolsonaro demite Weintraub do Ministério da Educação, MP pediu prisão de Queiroz por suspeita de obstruir investigação das 'rachadinhas', Bolsonaro afirma que Queiroz não estava foragido, mulher de Queiroz disse que ele 'tá preso dando ordens aqui fora, resolvendo tudo', felegada da PF tentou barrar ação do Supremo contra aliados de Bolsonaro, MP pede investigação de possível compra superfaturada de cloroquina pelo Exército, OMS espera as primeiras centenas de milhões de vacinas para o fim do ano, seis estados têm mais de 80% das UTIs ocupadas, Delegado que investiga homicídio de João Pedro estava em ação que matou menino.

Confira o que você precisa saber para começar a sexta-feira, dia 19 de junho de 2020:

Covid-19: Brasil tem 47.748 mortes e 978.142 casos confirmados

O número de casos do novo coronavírus no Brasil subiu para 978.142 e o total de mortes chega a 47.748. Os dados, divulgados na noite desta quinta-feira (18), constam no painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso no interior de SP

O Ministério Público do Rio de Janeiro prendeu no início desta quinta-feira (18) o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz. Queiroz e Flavio Bolsonaro são investigados pelo esquema da rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

MP pediu prisão de Queiroz por suspeita de obstruir investigação das 'rachadinhas'

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) pediu a prisão de Fabrício Queiroz por ter encontrado indícios de que o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) continuava cometendo crimes. Queiroz foi encontrado em Atibaia (SP), na casa do advogado de Jair Bolsonaro (sem partido), e está preso na capital fluminense. As informações são da TV Globo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Bolsonaro demite Weintraub do Ministério da Educação

O presidente Jair Bolsonaro demitiu o ministro da Educação, Abraham Weintraub, nesta quinta-feira (18), após diversas polêmicas envolvendo o ministro. O Palácio do Planalto discute a possibilidade de indicar um ministro interino para o Ministério da Educação. Já Abraham Weintraub deve ser indicado para um cargo no Banco Mundial. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Em live, Bolsonaro afirma que Queiroz não estava foragido

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que Fabrício Queiroz, ex-assessor de seu filho Flávio Bolsonaro que foi preso nesta manhã, não estava foragido e foi alvo de uma prisão "espetaculosa" como se fosse "o maior bandido da face da Terra". LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Em mensagem, mulher de Queiroz disse que ele 'tá preso dando ordens aqui fora, resolvendo tudo'

Ao decidir pela decretação da prisão preventiva do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, o juiz Flávio Itabaiana Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio justificou a medida no despacho citando, entre outros motivos, que o Ministério Público do Rio arrecadou durante as buscas e apreensões mensagens de Márcia Oliveira de Aguiar, mulher de Queiroz. Nas mensagens, ela dizia que o ex-assessor, mesmo afastado do gabinete do senador, continuava dando ordens. Ela chegou a compará-lo a um bandido “que tá preso dando ordens aqui fora, resolvendo tudo”. O juiz também decretou a prisão de Márcia, mas ela ainda não foi localizada. O caso corre em sigilo. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Delegada da PF tentou barrar ação do Supremo contra aliados de Bolsonaro

A delegada da Polícia Federal Denisse Dias Rosas Ribeiro tentou barrar a operação de busca e apreensão contra apoiadores e deputados bolsonaristas suspeitos de envolvimento em atos antidemocráticos. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

MP pede investigação de possível compra superfaturada de cloroquina pelo Exército

O Ministério Público (MP) e o Tribunal de Contas da União (TCU) pediram a abertura de uma investigação sobre um possível superfaturamento na compra de matéria-prima para a produção de medicamentos à base de cloroquina por parte do Exército Brasileiro. O procurador Lucas Furtado também pede que sejam averiguadas a responsabilidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o aumento em até 84 vezes da produção dos medicamentos. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

OMS espera as primeiras centenas de milhões de vacinas para o fim do ano

As primeiras centenas de milhões de doses de vacinas para a COVID-19 deverão estar disponíveis até o final do ano para serem aplicadas nas pessoas mais vulneráveis, informou nesta quinta-feira (18) a Organização Mundial da Saúde (OMS). LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Em meio à abertura, seis estados têm mais de 80% das UTIs ocupadas

Em meio a um cenário de abertura gradual do comércio, shoppings e retomada até de campeonatos de futebol, seis estados brasileiros têm uma ocupação superior a 80% dos leitos de terapia intensiva para pacientes com Covid-19. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Delegado que investiga homicídio de João Pedro estava em ação que matou menino

O delegado Allan Duarte, responsável por investigar o homicídio de João Pedro Matos Pinto, de 14 anos, estava na operação das Polícias Civil e Federal no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, que resultou na morte do jovem. LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.