Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,70 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,74 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,53
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.772,60
    -15,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    23.066,59
    -123,71 (-0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,20
    -2,02 (-0,38%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,65 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.439,74
    -8,32 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.201,94
    +27,90 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    28.175,87
    +243,67 (+0,87%)
     
  • NASDAQ

    13.216,50
    -110,50 (-0,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2666
    -0,0739 (-1,38%)
     

NotCo cria novos sabores e aromas de olho na cozinha afetiva para veganos

A empresa de tecnologia alimentícia NotCo, anunciou o registro de uma série de patentes relacionadas a sabor e aroma. A intenção da empresa é “incentivar emoções e memórias por meio de sabor e aroma”. A decisão demonstra que a empresa está de olho em um nicho culinário que tem se tornado bastante popular, a cozinha afetiva.

A cozinha afetiva tem ganho cada vez mais popularidade nas grandes e médias cidades ao redor do mundo. Trata-se de um nicho da culinária que busca trazer sabores e sensações, principalmente da infância, por meio de técnicas e ingredientes que remetem ao carinho na hora de cozinhar, algo que se reflete no sabor da comida.

A NotCo, uma das maiores empresas do mundo na área de pesquisas com alimentos à base de plantas, alcança um nicho de mercado pouco explorado até aqui. o de pessoas que têm interesse na culinária afetiva, mas que não consomem produtos de origem animal, como carne in natura, ovos e leite, muito presentes na "culinária de vó”.

Tecnologia desenvolvida pela IA da NotCo

A empresa também tem a intenção de dar aos seus usuários a oportunidade de experimentar sabores e cheiros com associações positivas por meio de alimentos e bebidas à base de plantas. Para isso, a companhia utilizou sua inteligência artificial proprietária para conseguir recriar sabores em nível molecular.

"Cheiros e sabores são uma parte fundamental para motivar mais pessoas a adotar alimentos à base de plantas a longo prazo”, declarou o Diretor de Tecnologia da NotCo, Karim Pichara. “Ao combinar os cheiros nostálgicos que as pessoas associam a certas memórias e emoções, estamos abrindo um novo caminho para que elas façam a mudança para a base vegetal", completou o executivo.

A nova tecnologia da NotCo já foi utilizada para o desenvolvimento de alguns alimentos comercializados aqui na América Latina. Entre eles, está o “NotChicken”, um simulacro de frango empanado que está disponível no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos