Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.837,70
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    18.923,74
    +29,23 (+0,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Nomura planeja trabalho flexível permanente em NY, Londres

Lulu Chen, Viren Vaghela e Steven Arons
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Nomura planeja implementar trabalho flexível de forma permanente para sua equipe no exterior, reforçando o número de empresas financeiras globais a avaliarem a medida em meio à pandemia.

Embora o planejamento esteja em estágio inicial, a Nomura vê “apetite e capacidade de apoiar um modelo operacional no qual 50% de nossa força de trabalho corporativa em nossos escritórios internacionais trabalhará remotamente a qualquer momento”, disse a empresa em memorando interno visto pela Bloomberg.

A maior corretora do Japão se une a bancos, como Standard Chartered e Deutsche Bank, que também estudam adotar regimes de trabalho flexíveis mesmo após o fim da crise de saúde. Tal medida pode permitir que a Nomura reduza o espaço de escritórios, disse o CEO Kentaro Okuda no início do ano.

A mudança proporcionaria a “combinação certa” de flexibilidade e equilíbrio entre vida profissional e pessoal, mantendo a produtividade e o contato presencial, disse a Nomura no memorando, que foi enviado nos últimos meses e continua em discussão.

Um porta-voz da Nomura em Londres não quis comentar.

Os níveis individuais de trabalho remoto dependeriam de uma variedade de fatores, incluindo função, circunstâncias pessoais, clientes e regulamentos, segundo o documento. A divisão corporativa da Nomura desempenha funções que vão desde finanças até gestão de risco, conformidade e recursos humanos.

A empresa de Tóquio trabalha em uma plataforma que permite aos funcionários realizar reuniões e compartilhar informações, independentemente de onde estejam, de acordo com o memorando. A empresa está distribuindo aparelhos portáteis como laptops e atualizando tecnologia para melhorar a conectividade, disse.

A Nomura também estuda como mudar o layout dos escritórios, inclusive para fornecer mais espaço para reuniões e descanso. A empresa tinha 11.062 funcionários fora do Japão em setembro, sendo 2.765 na Europa e 2.157 nas Américas.

Pelo menos outra empresa financeira japonesa estuda medida semelhante. O Mizuho Financial se prepara para reduzir o espaço ocupado em escritórios em Cingapura, uma mudança que foi acelerada pela pandemia, disseram pessoas com conhecimento do assunto. O banco já sinalizou planos para reduzir o espaço em Nova York e em Londres depois de determinar que a produtividade dos funcionários se manteve enquanto trabalhavam em casa.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.