Mercado fechado

Nokia pretende oferecer 4G e 5G a partir do espaço

Assinantes fora do alcance da cobertura celular poderão ter acesso a velocidades de banda larga sem ter que investir em hardware especializado (World Map Courtesy of NASA: https://visibleearth.nasa.gov/view.php?id=55167)
Assinantes fora do alcance da cobertura celular poderão ter acesso a velocidades de banda larga sem ter que investir em hardware especializado (World Map Courtesy of NASA: https://visibleearth.nasa.gov/view.php?id=55167)
  • Nokia firmou parceria com a AST SpaceMobile

  • Lançamento do satélite de teste BlueWalker 3 dará início aos testes globais com operadoras de rede móvel em seis continentes

  • Assinantes fora do alcance da cobertura celular poderão ter acesso a velocidades de banda larga sem ter que investir em hardware especializado

A Nokia anunciou que assinou um acordo para oferecer 4G e 5G, por um período de cinco anos, em parceria com a AST SpaceMobile, empresa que construiu a primeira e única rede banda larga de celular baseada no espaço e acessível diretamente por dispositivos móveis padrão 4G ou 5G.

O objetivo do acordo é expandir a cobertura universal e conectar comunidades carentes em todo o mundo. O lançamento do satélite de teste BlueWalker 3 da AST SpaceMobile, no final deste ano, dará início aos testes globais com operadoras de rede móvel em seis continentes.

A AST SpaceMobile afirma ter como missão "eliminar as lacunas de conectividade enfrentadas por mais de cinco bilhões de assinantes móveis em todo o mundo e levar a banda larga celular para aproximadamente metade da população mundial que permanece desconectada". Sendo assim, assinantes fora do alcance da cobertura celular poderão ter acesso a velocidades de banda larga sem ter que investir em hardware especializado. Por meio de seus relacionamentos com operadoras de rede móvel, a AST SpaceMobile firmou acordos que atendem coletivamente a mais de 1,8 bilhão de clientes de celular.

4G no "tijolão"

Para os saudosistas do famoso "tijolão", aqueles celulares de tamanho mais avantajados e com a bateria que tinha uma duração bem mais longa, a Nokia anunciou a "ressurreição" do modelo 8210, agora chamado de Nokia 8210 4G.

Segundo informações do portal Techtudo, o aparelho já está sendo vendido na Europa pelo preço sugerido de 79 euros, aproximadamente R$ 425. Conforme o complemento no nome indica, o modelo conta com Internet 4G. No entanto, outras características do modelo não vão muito ao encontro dos padrões atuais, como a tela minúscula, de apenas 2,8 polegadas, e armazenamento de 128 MB.