Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,45
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.764,00
    -1,70 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    61.974,25
    +584,81 (+0,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.430,53
    -21,11 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.276,25
    -14,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3908
    -0,0007 (-0,01%)
     

Nobel de Medicina vai para a descoberta de receptores de toque e temperatura

·2 minuto de leitura

Nesta segunda-feira (4), foram anunciados os vencedores do Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2021. Os ganhadores da categoria foram os cientistas David Julius e Ardem Patapoutian, ambos dos Estados Unidos. A dupla investigou formas pelas quais o corpo consegue sentir o calor e o toque, através de receptores naturais do organismo.

Em nota, o Comitê do Prêmio disse que o trabalho dos cientistas "nos permitiu entender como o calor, o frio e a força mecânica [toque] podem iniciar os impulsos nervosos que nos permitem perceber e nos adaptar ao mundo ao nosso redor". A partir disso, "este conhecimento é usado para desenvolver tratamentos para uma ampla gama de condições, incluindo dor crônica."

Em retribuição pela descoberta da área médica, a dupla receberá o prêmio de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 6,1 milhões).

Nobel de Medicina

Através de experimentos com pimenta, pesquisador ganha Nobel de Medicina (Imagem: Reprodução/Leungchopan/Envato Elements)
Através de experimentos com pimenta, pesquisador ganha Nobel de Medicina (Imagem: Reprodução/Leungchopan/Envato Elements)

Os pesquisadores descobriram como o corpo humano converte as sensações físicas em mensagens elétricas no sistema nervoso. Por exemplo, a pesquisa de David Julius, na Universidade da Califórnia, foi realizada através da capsaicina, um composto da pimenta malagueta que induz à sensação de queimação. Com ela, foi possível identificar um sensor — uma parte de nossas células que detecta o mundo ao seu redor — nas terminações nervosas da pele que responde ao calor.

Enquanto isso, Ardem Patapoutian, do instituto Scripps Research, usou células sensíveis à pressão para descobrir uma nova classe de sensores que respondem a estímulos mecânicos na pele e órgãos internos. Por exemplo, estes sensores são ativados quando você caminha na praia e sente a areia sob seus pés.

Prêmio surpreendente

Por causa do coronavírus SARS-CoV-2 e de todos os avanços gerados para responder à pandemia da covid-19, existia uma alta expectativa de que o prêmio Nobel deste ano fosse para uma destas iniciativas. Mais especificamente, era aguardado que o prêmio fosse concedido para os cientistas que desenvolveram as vacinas de mRNA (RNA mensageiro), como as fórmulas da Pfizer/BioNTech e da Moderna. No entanto, a decisão surpreendeu a todos, incluindo os próprios vencedores. É possível que os responsáveis pelas vacinas contra a covid-19 sejam agraciados nos próximos anos, ainda.

Para fechar esta temporada do Nobel, nos próximos dias, serão anunciadas as láureas em Física, Química, Literatura e Paz. Na próxima segunda-feira (11), será divulgada a de Economia, encerrando as premiações deste ano.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos