Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,26
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.775,30
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    34.659,98
    +858,84 (+2,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    835,00
    +48,38 (+6,15%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.354,25
    0,00 (0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8600
    -0,0023 (-0,04%)
     

Nobel de Economia diz Bitcoin é um esquema Ponzi

·3 minuto de leitura

O Economista Paul Krugman, professor da Universidade de Princeton e também vencedor do prêmio Nobel de economia em 2008, falou recentemente sobre o Bitcoin, mantendo a sua visão negativa em relação a maior criptomoeda do mundo. Em um artigo no New York Times, Krugman afirmou que a criptomoeda não atingiu um papel econômico significante.

Krugman, que curiosamente defende o livre mercado, mas é crítico do neoliberalismo, disse que a moeda em seus 12 anos de existência não alcançou muitas coisas importantes como empresas como a Venmo ou a Apple conseguiram no mesmo espaço de tempo.

Paul criticou como o Bitcoin não conseguiu evoluir do seu estágio de ativo especulativo usado por alguns fora do sistema financeiro. Sobre a moeda, ele afirmou que as criptomoedas não desempenham um papel na economia:

“Hoje nós usamos o Bitcoin para comprar casas e carros, pagar nossas contas, fazer investimentos comerciais e muito mais… Não, espera…Não fazemos nenhuma dessas coisas. Doze anos depois, as criptomoedas quase não desempenham nenhum papel na atividade econômica normal.”

Krugman atacou também o fato de que o Bitcoin parece ser usado como instrumento de pagamentos apenas no mercado ilícito, sendo o pagamento de atividades ilegais e no mercado negro.

“Quase sempre quando ouvimos falar do Bitcoin sendo usado como meio de pagamento é em associação a atividades ilegais, como lavagem de dinheiro ou resgate de hackers, como a Colonial Pipeline teve que pagar”

Ele então comparou o crescimento do Venmo no mesmo período, afirmando que o aplicativo é utilizado para dividir contas de restaurantes, comprar frutas e muito mais, algo que o Bitcoin deveria fazer atualmente.

Não existe resposta clara para que o Bitcoin pode fazer, é um esquema Ponzi natural

O economista também afirmou que “esteve em diversas reuniões” onde era discutido a tecnologia do Bitcoin, suas capacidades, vantagens e em que ela é melhor do que outras tecnologias.

E em todas esses reuniões ele não encontrou “nenhuma resposta clara”.

Com essa falta de “vantagem” do Bitcoin, a moeda tem como foco apenas os investidores que pagam na esperança de vender mais caro no futuro para novos investidores.

“Isso soa como uma bolha especulativa ou talvez um Ponzi, as bolhas especulativas são, na verdade, esquemas Ponzi naturais. Mas será que um esquema Ponzi poderia durar tanto tempo? Na verdade, sim: Maddoff Executou seu golpe por quase duas décadas.”

Atacando ainda mais o Bitcoin, ele foi além dizendo que a única coisa que a criptomoeda se destaca é que ele tem uma ótima narrativa, o que é algo essencial para um Ponzi.

“Um esquema Ponzi de longa duração requer uma narrativa, e a narrativa é onde a criptomoeda realmente se destaca. Quem promove as criptomoedas usam terminologias para convencer os investidores de que se trata de uma tecnologia revolucionária, mesmo a blockchain sendo antiquada e não tento encontrado casos de uso convincentes.”

A opinião de Krugman não é novidade, ele nunca gostou das criptomoedas e do Bitcoin especificamente.

E como estamos passando por um momento de queda essas opiniões voltam com força total, é algo comum e que aumenta o ciclo de Medo, Incerteza e Dúvida (FUD) que sempre acompanhar o mercado de ursos.

Em 2017 e 2020 o Bitcoin provou que os críticos estavam errados, mas o passado não é garantia do futuro. Portanto, é momento de ter cuidado com seus investimentos.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos