Mercado fechado

Noah Centineo brinca com sucesso: "Sou sexy para caramba"

Ator de "Para Todos os Garotos: PS Eu ainda te amo" não acha que merece somente esse rótulo. Foto: Reprodução/Instagram (@ncentineo)

A sequência do longa ‘Para todos os Garotos que já Amei' (agora ‘Para todos os Garotos: PS Ainda Amo Você’), chega à Netflix no dia 12 de fevereiro, e por aqui não precisamos te contar que estamos mais do que animados com a segunda parte da história de amor entre Lara Jean e Peter Kavinsky, não é mesmo? 

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

E vamos te falar, Noah Centineo, um dos protagonistas do filme, também está. "Acho que Lana Condor (que interpreta Lara Jean) e eu fizemos nosso trabalho, mas é parte de algo maior, tudo ficou maravilhoso porque todas as pessoas do filme trabalharam de maneira espetacular. O roteiro foi perfeito e a escritora Jenny Han nos deu a uma base incrível para construir em cima", conta ele, que recebeu os jornalistas descalço e com disposição para divagar sobre a vida, inclusive, sobre o amor e a pecha de galã teen.

Leia também

A produção se desenvolve logo após Lara Jean mandar cinco cartas diferentes para seus amores do passado, e ser descoberta pelo popular do colégio, Peter Kavinsky, por quem acaba se apaixonando e vivendo um daqueles romances deliciosos e cheios de drama que todo adolescente têm.

Aos 23 anos, o ator recebeu os jornalistas para entrevista em tom descontraído e disposto a falar. "Fiquei de sapato o dia inteiro, tudo bem se eu tirar?", perguntou.

Como era de se imaginar, a carreira de Noah mudou drasticamente após o longa: "Estava em um momento em que ia para os testes o tempo todo e agora as produtoras me pedem (convidam) para interpretar personagens. O que para alguém que está atuando há 15 anos é uma realidade bizarra, mas na qual me sinto muito grato", explica. 

E continua, inclusive, falando sobre saúde mental após a fama. "Tenho que me concentrar muito para continuar são, não escutar os outros e me proteger. E, principalmente, é preciso entender que sou muito mais responsável pelas minhas decisões", avisa. 

Pés no chão

Para se manter na realidade, Noah tem alguns truques - como meditação - que o deixam longe do ego e deslumbre de Hollywood. "Às vezes me sinto sufocado, mas em outros momentos sinto que sou o próprio Gandhi - mas a verdade é que nunca sou Gandhi", brinca.

Ele também revela que sua família está sempre lá para jogar a real na sua cara. "Meus amigos me protegem e minha família me diz a verdade. É muito importante ter um porto-seguro para o qual você pode fugir. Moro com a minha irmã e isso provavelmente salvou minha vida", afirma. 

Noah no Painel do Festival TUDUM, da Netflix. Foto: Diego Padilha/Netflix

Contudo, não foi sempre assim. "Ela é incrível mas nós nos odiávamos. Quando me mudei para Los Angeles aos 15, não nos falamos por dois anos inteiros. E agora moramos juntos e nos amamos tanto. Você tem que manter família e amigos por perto. E se cuidar mentalmente e fisicamente. Mas além de tudo você tem que ter coragem de mudar o que te faz confortável, porque às vezes a zona de conforto não é segura", finaliza. 

Romântico ou não?

Noah e Lana Condor em "Para Todos os Garotos: PS Ainda Te Amo". Foto: Divulgação Netflix

Seu personagem nas telas, Peter Kavinsky é para lá de romântico, mas na vida real, o ator diz ser bem tranquilo. "Não sou exigente quando o assunto é romance, me considero simples. Apenas me surpreenda em casa e vamos ficar juntos, sabe? Sou mais apegado a passar tempo junto com a pessoa que eu amo". 

E apesar dessa primeira impressão, ele garante que pode ser muito carinhoso. "Adoro abraçar, ficar de conchinha, olhar nos olhos um do outro, discutir a vida, essas são coisas que provam se alguém gosta mesmo de mim", conta. 

"Consigo ser romântico. Acredito que duas pessoas em um relacionamento devem se venerar. Você tem que ser grato por ela existir, respeitar a outra pessoa. É tão bonito estar em um relacionamento. Você precisa nutri-lo, precisa apreciar aquela pessoa na sua vida."

Mesmo se dizendo minimalista, ele se joga no romance quando está apaixonado. "Só faz sentido se você abrir seu coração completamente para quem ama. E quando você se sente dessa maneira, não dá para não ser romântico, não dá para não querer agradar a pessoa, porque você quer vê-la feliz, ela estar feliz faz com que você também fique feliz. É algo egoísta e altruísta ao mesmo tempo", diz.

“Sou sexy para caramba”

Quando questionado sobre o porquê de seu personagem fazer tanto sucesso, o ator debocha: “Porque sou sexy para caramba. Não, brincadeira, já pensou se fosse minha resposta?", brinca. “A realidade é que as pessoas querem se sentir bem. E Peter faz com que Lara Jean se sinta bem. É intoxicante”, diz.

“É como se falasse: ‘Aperte esse botão para se sentir bem. Você se viciará nisso, né? Acho que é por isso que todos amam o filme”.

Fama de galã

Ídolo teen da geração Z, ele diz que já foi muito comparado à Zac Efron como o novo galã do momento, mas não quer ser rotulado apenas por isso. "Não sei se me vejo assim, as pessoas olham pra mim e enxergam o Peter Kavinsky, esse garoto perfeito para ser seu namorado - e talvez seja mesmo - mas eu sou bem bobo, descontraído e tento ser filosófico, divago muito sobre o mundo", conta.

"Não me vejo como galã, no entanto aceito tranquilamente que sou visto dessa maneira. Levou algum tempo para que Zac Efron conseguisse se livrar desse título. E sou muito grato à essa posição, mas creio que não terei apenas esse rótulo na minha vida", conclui. Nos nossos corações você vai ter sim, Noah!