Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.382,67
    +667,84 (+1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

No Couto Pereira, Coritiba vence o Guarani e dispara na liderança da Série B

·3 minuto de leitura


Recuperando-se do empate na última quarta-feira, o Coritiba só pensava em uma coisa no duelo contra o Guarani: vencer. E se deu bem. Com ambos os times brigando na parte de cima da tabela, o Coxa, com a presença da torcida nas arquibancadas, porém em número reduzido, mostrou sua força atuando sob seus domínios e, ainda na etapa inicial, encontrou seu gol com Guilherme Biro, fechando o placar em 1 a 0, garantindo assim mais um triunfo na competição.

Com o resultado, os paranaenses chegaram aos 52 pontos, mantendo-se na liderança da competição, abrindo 9 pontos de diferença para o Avaí, hoje primeira equipe fora do G-4. Já o clube de Campinas, por conta do tropeço fora de casa, desperdiçou a chance de chegar ao G-4, caindo para a 6ª posição com 41 pontos.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

INÍCIO DE JOGO EQUILIBRADO

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Coritiba tentou imprimir um forte ritmo logo de cara, dificultando as coisas para o Guarani. Chegando com mais frequência ao seu campo de ataque, porém sem muita efetividade, apostava em uma marcação alta nos primeiros minutos.

Entretanto, aos poucos, o Bugre foi conseguindo ganhar mais espaços, apostando em jogadas ofensivas. Sendo assim, aos 10 minutos, Júlio César bem que tentou surpreender, porém seu chute acabou explodindo em Wilson, assustando o goleiro.

COXA ABRE O MARCADOR

Mesmo com o time visitante crescendo no jogo, a equipe de Gustavo Morínigo não deixou-se intimidar e, aos 28, encontrou seu tento. Após cobrança de falta de Val, Rafael Martins acabou espalmando para o meio da área permitindo que Guilherme Biro conseguisse mandar para o fundo das redes.

Em vantagem, o alviverde voltou a pressionar a saída do rival como havia feito nos primeiros movimentos. Porém, sem conseguir recuperar a posse de bola, segurou o resultado até que o árbitro decretasse o fim da etapa inicial.

CORITIBA VAI PRA CIMA ATRÁS DO SEGUNDO GOL

Na volta para os últimos 45 minutos, nenhum dos dois treinadores optou por mudanças. Sendo assim, não muito diferente de como foi no início do jogo, os donos da casa martelavam na esperança de encontrar mais um tento, quase conseguindo ampliar nas chances de Léo Gamalho e Guilherme Biro.

Com o tempo passando, Daniel então recuou para seus suplentes na esperança de encontrar seu tento de igualdade, colocando Índio e Andrigo em campo. Porém, até meados dos 30, finalizou apenas uma vez contra Wilson, em um bonito chute saindo dos pés de Bidu.

GUARANI DESPERDIÇA PÊNALTI NO FIM

Já na reta final do confronto, ambos os treinadores apostaram suas última fichas. Até que aos 41 minutos, após consultar o VAR no lance envolvendo Waguininho e Bruno Silva, o árbitro acabou marcando pênalti.

Entretanto, na cobrança, Régis acabou acertando o travessão, marcando impedimento no lance seguinte. Já nos acréscimos, Gustavo Morínigo, deixando o relógio correr, fez suas últimas trocas conseguindo controlar a vitória até o apito final.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA x GUARANI

Data e horário: 25/09/2021, às 21h (de Brasília)
​Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (CBF-PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (CBF-PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (CBF-PI)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (CBF-SC)

Cartões Amarelos: Robinho, 30'/1ºT; Bruno Sávio, aos 7'/2ºT; Índio, aos 29'/2ºT

Gols: Guilherme Biro, 28'/1ºT (1-0)


CORITIBA: Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Matheus Sales, Val (Jhony Douglas, aos 34'/2ºT), Robinho (Gustavo Bochecha, aos 34'/2ºT) e Rafinha (Waguininho, aos 13'/2ºT); Igor Paixão (Guilherme Azevedo, aos 46'/2ºT) e Léo Gamalho (Wellington Carvalho, aos 46'/2ºT).
(Técnico: Gustavo Morínigo)

GUARANI: Rafael Martins; Mateus Ludke, Thales, Ronaldo Alves (Lucão do Break, aos 35'/2ºT) e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Índio, aos 15'/2ºT) e Régis; Bruno Sávio (Renanzinho, aos 35'/2ºT), Júnior Todinho (Andrigo, aos 16'/2ºT) e Júlio César.
(Técnico: Daniel Paulista)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos