Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.248,19
    +51,78 (+0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

No aguardo do Fed, Ibovespa sobe após sequência de perdas

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa mostrava alta nos primeiros negócios desta quarta-feira, após uma sequência de oito pregões no vermelho, em sessão marcada por expectativas para o desfecho da reunião do banco central dos Estados Unidos.

Às 10:08, o Ibovespa subia 1,09%, a 103.171,73 pontos.

Por volta do mesmo horário, o futuro do Ibovespa com vencimento nesta quarta-feira tinha elevação de 1,07%. O contrato seguinte, com vencimento em agosto, avançava 1,11%.

Na véspera, o Ibovespa fechou em baixa de 0,52%, na oitava queda seguida, maior série de perdas desde setembro de 2015, quando também caiu oito sessões. A última vez em que o índice registrou mais quedas consecutivas foi em 1998 - nove.

O Federal Reserve anuncia sua decisão de política monetária às 15h, com analista esperando alta de 0,75 ponto percentual nos juros dos Estados Unidos, o primeiro aumento dessa magnitude desde 1994, elevando a taxa para uma faixa de 1,5% a 1,75%.

(Por Paula Arend Laier)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos