Mercado fechado

Nissan considera picape monobloco abaixo da Frontier, aos moldes da Fiat Toro

br.info@motor1.com (Dyogo Fagundes)
·1 minuto de leitura
Nissan Frontier 2021 reestlizada
Nissan Frontier 2021 reestlizada

Em entrevista, marca confessou ter simpatia pela ideia de uma camionete compacta

Depois da Fiat com a Toro, da Hyundai com a Santa Cruz e da Ford com a Maverick, outra grande montadora global parece demonstrar interesse em participar do segmento de picapes compactas com estrutura monobloco. Em entrevista concedida recentemente, o presidente de planejamento global da Nissan, Ivan Espinosa, confessou estar atento às tendências do mercado e reconheceu o potencial desse novo nicho.

“É um dos cenários possíveis, talvez haja necessidade de algo mais próximo de um automóvel de passeio que seja interessante para o consumidor. Como dissemos, estamos constantemente olhando para o mercado e explorando diferentes alternativas", disse Espinosa. “É interessante, estamos sempre monitorando tendências e atentos ao comportamento do cliente”, completou.

Nada está definido até o momento, mas fica no ar a possibilidade de a marca estar, desde já, amadurecendo a ideia internamente para projetos futuros. Como já dito, a Frontier trocará de geração em 2024 e ficará maior que o modelo atual. A mudança poderá abrir espaço no andar de baixo para uma picape menor e com pegada alternativa às medias tradicionais (ou seja, com estrutura monobloco, uso urbano, pegada lifestyle e dinâmica de automóvel).

Leia também:

“Há oportunidade em alguns mercados globais. Pensando na evolução das picapes, não apenas nas demandas dos clientes, mas também nas tendências regulatórias, haverá exigência de veículos mais leves e eficientes em termos de combustível. Uma forma de resolver isso é por meio da eletrificação, mas a outra é trabalhando na redução de peso e massa", finalizou.


Source: CarsGuide