Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.377,58
    -135,18 (-0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Nintendo compra estúdio de animação para adaptar franquias originais

A Nintendo adquiriu a produtora de animação em computação gráfica (CG) Dynamo Pictures, a qual passará a ser chamada de “Nintendo Pictures”. Segundo a empresa japonesa, a nova subsidiária desenvolverá conteúdos, incluindo animações em CG, com propriedades intelectuais da companhia.

A Dynamo Pictures trabalhou em dezenas de títulos nos videogames, participando do processo de captura de movimento em Death Stranding e Persona 5, além da pós-produção de Metroid: Other M. Apesar da experiência do estúdio, a Nintendo parece ter outros planos para a Dynamo.

A aquisição ocorre paralela ao lançamento cinematográfico mais significativo da Nintendo em anos: um filme animado da franquia Super Mario Bros., estrelado por Chris Pratt. O longa está programado para ser lançado em 2023, quase trinta anos após a adaptação cinematográfica “Super Mario Bros.”, de 1993, estrelada por Bob Hoskins e John Leguizamo.

A Nintendo comprou 100% das ações da Dynamo Pictures, que se tornará uma subsidiária integral da empresa. A aquisição deve ser concluída em outubro de 2022.

Adaptações de videogames em alta

Com a Nintendo Pictures, a empresa do Mario se prepara para um novo momento da indústria dos videogames, que caminha para adaptar cada vez mais títulos jogáveis como filmes e séries. O longa Sonic 2, estrelado pelo mascote azul concorrente do Mario, faturou cerca de R$ 2 bilhões com bilheteria, tornando-se a adaptação dos videogames mais rentável dos cinemas.

A Sony, que também lançou recentemente um filme baseado na saga Uncharted, prepara-se para expandir a marca PlayStation para fora dos videogames com séries baseadas em God of War, Horizon Zero Dawn e The Last of Us.

Imagem da série de The Last of Us, da HBO. (Imagem: Divulgação/SIE)
Imagem da série de The Last of Us, da HBO. (Imagem: Divulgação/SIE)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos