Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.247,15
    -2.542,18 (-2,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.394,03
    -1.070,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,59
    -1,00 (-0,91%)
     
  • OURO

    1.815,00
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    28.939,01
    -1.560,73 (-5,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,57
    -20,11 (-3,00%)
     
  • S&P500

    3.923,68
    -165,17 (-4,04%)
     
  • DOW JONES

    31.490,07
    -1.164,52 (-3,57%)
     
  • FTSE

    7.438,09
    -80,26 (-1,07%)
     
  • HANG SENG

    20.644,28
    +41,76 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.911,20
    +251,45 (+0,94%)
     
  • NASDAQ

    11.880,00
    -55,50 (-0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2221
    +0,0038 (+0,07%)
     

Nintendo avalia com cuidado transição para sucessor do Switch

A Nintendo revelou que os planos para o sucessor do Switch estão sendo levados com cautela pela empresa japonesa, além da estratégia de construir o relacionamento a longo prazo com seus consumidores e expandir para outras mídias que não o videogame.

Durante uma sessão de perguntas e respostas com investidores, o presidente da companhia, Shuntaro Furukawa, explicou que a transição do Nintendo Switch para o próximo console da marca é "uma preocupação grande". Com 107 milhões de unidades vendidas, o videogame foi um respiro após as vendas catastróficas do Wii U comparado ao antecessor, o Wii.

Para o presidente da Big N, o Switch não pode ser ignorado durante a transição entre gerações. (Imagem: Alvaro Reyes/Unsplash)
Para o presidente da Big N, o Switch não pode ser ignorado durante a transição entre gerações. (Imagem: Alvaro Reyes/Unsplash)

Furukawa também explicou que, como o lançamento do Switch ocorreu sem nenhum problema, seu sucesso permitiu que a Nintendo focasse no desenvolvimento de jogos exclusivamente para uma única plataforma.

Para ajudar a diminuir os riscos de perder a base instalada do Switch, o chefão da japonesa explicou que ela está investindo em serviços que usem as contas da Nintendo e invista em outras propriedades intelectuais além dos jogos. A ideia é criar um impacto duradouro em seus consumidores.

Em fevereiro, o presidente da Nintendo explicou que a ideia da marca é manter a base instalada no Switch e expandir o número de pessoas com o console híbrido. Atualmente, existem as versões base, OLED e Lite do videogame. Para Shuntaro, a companhia deve considerar os usuários do Switch durante a transição para um próximo videogame.

Apesar de o Switch ter alcançado a marca de 107 milhões de unidades vendidas em março de 2022, o volume de aparelhos comercializados no mês foi 20% menor em relação ao mesmo período de 2021 — o principal motivo seria a falta de semicondutores na indústria. Ainda assim, a Nintendo acredita que o console esteja na metade do seu ciclo de vida e planeja manter mais um ano no crescimento de vendas com a ajuda do modelo OLED.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos