Mercado fechará em 3 h 55 min
  • BOVESPA

    128.375,34
    -889,62 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.076,59
    -239,10 (-0,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,14
    -0,52 (-0,71%)
     
  • OURO

    1.776,80
    -6,10 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    32.289,48
    -561,51 (-1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    770,00
    -24,33 (-3,06%)
     
  • S&P500

    4.238,25
    +13,46 (+0,32%)
     
  • DOW JONES

    33.908,69
    +31,72 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.206,75
    +76,75 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9505
    -0,0248 (-0,42%)
     

NFT no futebol: seleção de Portugal tem os primeiros jogadores tokenizados

·2 minuto de leitura

Os jogadores Éder Lopes e José Fonte, ambos atuantes da seleção portuguesa de futebol, são os primeiros atletas em atividade da modalidade a lançar seus próprios NFTs.

Os tokens não-fungíveis dos jogadores foram criados em colaboração com a Jedi3, e já estão disponíveis no site da OpenSea, plataforma especializada em leilões de NFT.

As obras abordam a participação dos jogadores durante a Eurocopa de 2016, quando Portugal conseguiu ser campeã ao vencer a seleção francesa, por 1×0. José Lopes disponibilizou 10 NFTs sobre a sua trajetória durante o torneio.

Já Éder, que é considerado o herói do título por ter marcado o único gol da final, recriou em versão digital o modelo de chuteira usado durante a partida. O jogador também lançou 10 exemplares da obra, além de uma versão “obra-prima”, que incluirá a digitalização da sua própria chuteira.

Os NFTs poderão ser comprados utilizando a criptomoeda Ethereum (ETH). Segundo a dupla, parte da receita gerada com os leilões será doada para instituições de caridade, escolhidas pelos próprios jogadores portugueses.

Tokenização no futebol

A tokenização digital tem conseguido cada vez mais presença no mundo do futebol, através dos NFTs e de tokens digitais de clubes, feitos em parceria principalmente com a Chiliz (CHZ). Após a entrada de Éder Lopes e José Fonte no segmento de tokens não-fungíveis, espera-se que cada vez mais jogadores de futebol sigam este caminho.

O atleta da seleção canadense e do Bayern de Munique, Alphonso Davies, já havia anunciado a sua coleção própria de NFTs, mas o lançamento está previsto apenas para junho. Além disso, outras lendas do esporte já receberam homenagens em coleções digitais próprias, como Pelé e Maradona.

No Brasil, o clube carioca Vasco da Gama foi o primeiro a entrar neste segmento. Seu token inclusive já rendeu lucros para os seus detentores. Já o o Atlético Mineiro entrou na onda do NFT e lançou uma iniciativa de cards digitais na plataforma Sorare.

O artigo NFT no futebol: seleção de Portugal tem os primeiros jogadores tokenizados foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos