Mercado abrirá em 4 h 21 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,78
    -0,88 (-1,06%)
     
  • OURO

    1.804,10
    +5,30 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    58.933,71
    -1.328,17 (-2,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.422,59
    -51,74 (-3,51%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.245,63
    -7,64 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    25.543,47
    -85,27 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.626,75
    +39,50 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4511
    +0,0264 (+0,41%)
     

Neymar chega para partida da Champions ao som de "Sei lá", música de Gabigol

·2 minuto de leitura

A competição que reúne os melhores times da Europa está de volta e, com ela, Neymar e suas entradas nos estádios ao som de hits brasileiros. Nesta quarta-feira (28), o Paris Saint-Germain enfrenta o Manchester City em casa, no Parque dos Príncipes, e a trilha sonora escolhida pelo craque foi "Sei lá", música de seu colega de profissão e ex-cunhado Gabigol, ou melhor, Lil Gabi.

Na última temporada, durante as quartas de final contra o Atalanta, o atacante do PSG desceu do ônibus ouvindo um funk que pouca gente conhecia na época. A faixa era "Hoje é rave", da DJ Barbara Labres e do MC WM. Depois que o jogador escutou a música, o single virou hit e comentários nas redes sociais mostravam que muitos ouvintes chegaram lá por Neymar. Outros cantores também já ganharam uma forcinha do craque como Luisa Sonza, MC Niack e Maluma. Agora é vez de Lil Gabi.

O camisa 9 do Flamengo lançou sua primeira música no dia 30 de agosto e o single, produzido por Papatinho e com parceria na letra de Choji, já tem mais de dois milhões de plays no Spotify e quatro milhões de visualizaçõe no Youtube.

O trap é estilo ostentação, ou seja, exalta o dinheiro, festas e mulheres. Gabigol sempre gostou da cena do rap e espera repetir a dose.

— Sempre gostei muito de música, de entender todo o processo de criação. A gente já vinha conversando sobre gravar, surgiu essa oportunidade agora e foi uma experiência incrível. A parceria rolou da melhor maneira possível — comemora Gabi, que dá um recado. — Eu sei que influencio as pessoas, e o que posso dizer a todos é para que nunca desistam dos seus sonhos. É sobre acreditar e correr atrás.

DJ, beatmaker e produtor musical, Papatinho conta que tudo começou como uma brincadeira. Segundo ele, Gabigol acompanha artistas da cena e frequenta seu estúdio, Papatunes Records, nas folgas.

— Na primeira vez, ele ficou ouvindo L7NNON e Kawe amarradão, e falei brincando “tem que gravar uma” — lembra Papatinho, acrescentando que, numa outra visita, o jogador leu parte da letra de “Sei lá”, de Choji, e curtiu. — Um tempo depois eu tive a ideia de fazer mesmo uma música para ele e lembrei dessa composição. Falei com os dois, que escreveram juntos a parte do Lil Gabi.

Como o atleta não tinha experiência no campo musical, coube ao produtor fazer o papel de técnico. No aquecimento, colocou Gabigol para decorar a letra e entender a melodia e o tempo da música:

— Ele tirou de letra, não foi muito complicado porque ele estava se dedicando. A cada frase certa já abria um sorrisão e quando foi para a cabine de som se comportou como um artista exemplar. Fizemos o que gostamos, estávamos nos divertindo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos