Mercado abrirá em 1 h 43 min

Nexa reverte lucro e registra prejuízo de US$ 3 milhões no 4º trimestre

Ivan Ryngelblum

Segundo a mineradora do Grupo Votorantim, o resultado foi prejudicado pelo baixo crescimento da receita, de cerca de 0,4% A Nexa Resources, mineradora do Grupo Votorantim, registrou, no quarto trimestre de 2019, um prejuízo atribuível aos acionistas de US$ 3 milhões (prejuízo de US$ 0,02 por ação), revertendo o lucro de US$ 53 milhões (US$ 0,40 por ação) registrado no mesmo período de 2018.

O resultado foi prejudicado pelo baixo crescimento da receita, de cerca de 0,4%, indo de US$ 583,4 milhões para US$ 586 milhões. De acordo com a Nexa, o desempenho foi afetado pelos menores preços das commodities, que acabaram ofuscando o aumento no volume de vendas.

A empresa destacou ainda que o lucro líquido no quarto trimestre de 2018 foi beneficiado pelo reconhecimento por créditos fiscais relacionado à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins.

Este ponto também afetou o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado da Nexa, que caiu de US$ 131 milhões para US$ 65 milhões. Outro fator que pesou no Ebitda foi o aumento de US$ 25 milhões nas despesas gerais e administrativas, provocado por iniciativas para aumentar a eficiência operacional.

Excluindo itens não recorrentes, o Ebitda ajustado foi de US$ 90 milhões, queda de 7%, com a variação negativa de US$ 58 milhões nos custos e despesas operacionais.