Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.646,40
    -989,99 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.125,71
    -369,70 (-0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,28
    +0,30 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.872,00
    +31,80 (+1,73%)
     
  • BTC-USD

    35.101,30
    +701,33 (+2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    696,58
    -4,03 (-0,58%)
     
  • S&P500

    3.851,85
    +52,94 (+1,39%)
     
  • DOW JONES

    31.188,38
    +257,86 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.290,50
    +305,00 (+2,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4080
    -0,0906 (-1,39%)
     

Newcastle tem surto de Covid-19 e jogo com Aston Villa é adiado

LANCE!
·1 minuto de leitura


Na semana em que clubes britânicos voltarão a receber público em partidas de futebol, um surto de Covid-19 atingiu o Newcastle, que disputa a primeira divisão do Campeonato Inglês, e forçou os jogadores da equipe a entrarem em isolamento. A partida do Magpies contra o Aston Villa, marcada para a próxima sexta-feira, foi precisou ser adiada.


Segundo informações da imprensa britânica, cinco pessoas testaram positivo em exames realizados no último domingo, sendo quatro jogadores e um membro da comissão técnica. Desta forma, o clube informou que decidiu fechar o centro de treinamentos a fim de conter a disseminação do vírus.

Impossibilitado de treinar, o Newcastle pediu o adiamento do jogo da próxima sexta-feira, contra o Aston Villa, em Birmingham, e o Conselho da Premier League concordou com a decisão. Uma nova data para a partida ainda não foi definida, tampouco a realização do confronto com West Bromwich, no dia 12, foi confirmada.

Ainda de acordo com comunicado do Newcastle, todos os jogadores e funcionários do clube passarão por novos testes nos próximos dias.

Apesar de o Campeonato Inglês começar a receber público a partir do fim de semana, a cidade de Newcastle, no norte da Inglaterra, ainda não está liberada para que os torcedores compareçam aos estádios, segundo zonas divididas pelo governo britânico.