Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    50.492,44
    +730,61 (+1,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

NetMovies passa a oferecer filmes gratuitos

Beatriz Vaccari
·1 minuto de leitura

Desde a última sexta-feira, 30 de outubro, a NetMovies passou a oferecer todos os filmes disponíveis na plataforma totalmente de graça. A marca é pioneira no serviço de locação online no Brasil, atuando desde 2006; agora, ela será totalmente baseada em publicidade, mas sem deixar de fornecer conteúdos em alta definição para os usuários.

De acordo com nota enviada à imprensa, essa estratégia vinha sendo planejada pela empresa há dois anos. O primeiro movimento foi justamente buscar o licenciamento dos conteúdos disponibilizados com direitos para AVOD – Advertising Supported Video on Demand, que é justamente uma autorização para os filmes serem apoiados por publicidade.

O novo modelo de negócio irá afetar cerca de 15 milhões de usuários, que acessam a plataforma mensalmente e assistem a 12 milhões de horas de conteúdo todo mês.

Além do site, a NetMovies também possui um aplicativo compatível com os sistemas iOS ou Android, além das TVs conectadas LG, Samsung e Sony ou por meio de Chromecast e AirPlay. De acordo com a empresa, a versão para Android TV, Amazon Fire e Roku está sob desenvolvimento e será lançada em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: