Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.636,41
    -4,23 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Netflix promete áudio com qualidade de estúdio em celulares Android

Rubens Eishima
·2 minuto de leitura

A Netflix anunciou o uso de um novo formato de áudio de alta qualidade em seu aplicativo para Android, o xHE-AAC, e promete uma definição sonora aprimorada, capaz de oferecer uma reprodução digna de estúdio em aparelhos compatíveis.

O novo codec é uma evolução do atual HE-AAC (ou MPEG-4 Audio), com melhor gerenciamento de cenas barulhentas e alcance dinâmico. As características devem melhorar a experiência sonora especialmente em gravações de ambientes com muitas fontes de áudio — por exemplo, cenas urbanas em séries.

O xHE-AAC (extended HE-AAC) oferece os recursos adaptativos dos codecs de vídeo da Netflix, podendo ser ajustado à qualidade da conexão. A empresa conta que o novo formato resolve os casos em que os diálogos ficavam inaudíveis ao serem reproduzidos nos alto-falantes de celulares.

Empresa promete maior qualidade de som para assinantes em celulares Android (Imagem: Napoleon Schwan/Pixabay)
Empresa promete maior qualidade de som para assinantes em celulares Android (Imagem: Napoleon Schwan/Pixabay)

Em situações ideais de conexão, o codec oferece o que a Netflix descreve como qualidade de áudio de estúdio. Mas claro que a percepção do usuário final dependerá da qualidade das caixas em que os sons serão reproduzidos.

Mesmo assim, a empresa revelou que, com o novo formato, os assinantes alternaram dos alto-falantes para fones de ouvido 7 a 16% menos, o que ela descreve como um indício de melhor qualidade sonora — segundo a gigante do streaming, os usuários tendem a plugar seus fones quando o áudio está abaixo do ideal.

Com a codificação no novo formato, a empresa espera padronizar o volume do áudio das milhares de produções do acervo, especialmente os diálogos. Com isso, uma vez ajustado o volume do dispositivo, a empresa acredita que o usuário não precisará alterar a opção mesmo ao iniciar outro tipo de conteúdo.

Segundo a Netflix, a novidade está disponível de forma automática na versão atualizada do app para Android, em celulares com a versão 9 ou superior do sistema instalada. Para conferir uma análise técnica do novo codec xHE-AAC, basta acessar a publicação completa no blog da empresa.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: