Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.345,82
    +1.857,94 (+1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.376,89
    -141,41 (-0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,59
    +0,31 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.852,10
    +10,00 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    29.353,69
    -586,11 (-1,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    658,56
    -16,31 (-2,42%)
     
  • S&P500

    3.973,75
    +72,39 (+1,86%)
     
  • DOW JONES

    31.880,24
    +618,34 (+1,98%)
     
  • FTSE

    7.513,44
    +123,46 (+1,67%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    12.056,00
    +215,25 (+1,82%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1462
    -0,0066 (-0,13%)
     

Netflix pode lançar pacote de assinatura mais barato; confira

Netflix pode lançar pacote de assinatura com anúncios ainda este ano
Netflix pode lançar pacote de assinatura com anúncios ainda este ano
  • Netflix: novo plano deve ser mais barato que os atuais;

  • a ideia deve ser implantada entre outubro e dezembro deste ano;

  • Ainda não foi divulgado como será o formato da inserção publicitária.

Até o final do ano, a Netflix deverá lançar um novo plano mais barato com exibição de anúncios. De acordo com o jornal The New York Times, a empresa revelou a estratégia em comunicado aos funcionários. Ainda não foi divulgado como será o formato da inserção publicitároa e se ocorrerá entre em filmes e séries.

Rumores anteriores apontaram que o novo pacote seria disponibilizado somente daqui a um ou dois anos, contudo, executivos da Netflix apontaram que a ideia deve ser implantada entre outubro e dezembro deste ano.

Além de informar sobre o novo pacote, a empresa também comunicou aos funcionários que pretende começar a “reprimir o compartilhamento de senhas entre sua base de assinantes” no mesmo período. Para coibir a atitude, a Netflix possivelmente cobrará taxas de quem empresta a conta para amigos que moram em outros endereços.

Apesar da companhia não ter comentado a nota vazada pelos funcionários, foi confirmado que, mesmo mantendo pacotes livres de publicidade, “está explorando um plano com anúncios para quem estiver interessado”. Hoje, o pacote mais barato fornecido pela empresa custa US$ 15,49 nos Estados Unidos e R$ 25,90 no Brasil. Ao que tudo indica, o novo pacote será mais barato que isso.

Durante uma teleconferência de apresentação de resultados da empresa ocorrida no mês passado, Reed Hastings, co-fundador e CEO da Netflix, informou a investidores que um plano deste tipo poderia ser lançado em um ou dois anos.

“Quem acompanha a Netflix sabe que sou contra a complexidade da publicidade e sou um grande fã da simplicidade da assinatura. Por mais que eu seja fã disso, sou um grande fã da escolha do consumidor, e permitir que consumidores que gostariam de um preço mais baixo e são tolerantes à publicidade consigam o que querem faz muito sentido”, disse Hastings.

No comunicado enviado aos funcionários, a Netflix ainda comenta que outras empresas de streaming, com exceção da Apple, também mantém opções de pacotes suportados por anúncios.

A perda de mais de 200 mil assinantes no primeiro trimestre, juntamente com a redução de cerca de R$ 359 bilhões no valor de capitalização, podem ser responsáveis por uma urgência maior e implementar o novo pacote.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos