Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.799,16
    -626,91 (-1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Netflix pode lançar serviço de assinaturas com jogos próprios e indies

·2 minuto de leitura

Novos rumores sobre a suposta empreitada da Netflix no mundo dos games surgiram a partir de informações não-confirmadas e de uma declaração nada assertiva da própria plataforma. Com isso, aumentam as expectativas quanto à expansão da plataforma para um serviço de assinaturas de jogos eletrônicos, com forte presença de suas produções originais e funcionamento aos moldes do Apple Arcade.

Pelo menos é isso o que afirmam as novas informações publicadas pelo Axios, site de tecnologia que, na última semana, já havia divulgado informações sobre a contratação de um executivo para liderar esses esforços. Agora, as mesmas fontes apontam para uma iniciativa menor, pelo menos no começo, envolvendo alguns títulos mobile baseados em franquias da própria Netflix e parcerias com estúdios independentes, de forma a entregar games consagrados ao lado da oferta exclusiva.

O lançamento estaria sendo preparado para 2022, com a plataforma servindo como uma adição aos pacotes de assinaturas já existentes da empresa. Ainda não há informações sobre preços ou até mesmo um acesso gratuito pelos membros que já aderiram aos pacotes mais caros da Netflix, com os rumores apontando para uma iniciativa ainda em seus primeiros passos, sem nem mesmo um executivo para liderar esse movimento.

Aqueceu ainda mais a fogueira dos rumores a declaração da própria Netflix sobre o assunto, enviada a sites internacionais que reportaram os rumores. Na visão da empresa, os assinantes apreciam a qualidade e variedade de seu conteúdo, assim como as oportunidades de engajar de forma mais direta com eles, o que faz com que o serviço esteja empolgado para trabalhar em mais experiências interativas aos moldes do que já foi feito com algumas de suas principais marcas.

Não seria a primeira vez que a Netflix se aproxima dos games, apesar de o lançamento de um serviço dedicado ser a maior iniciativa desse tipo. No passado, a companhia já trabalhou ao lado de estúdios independentes para criar jogos baseados em produções originais como Stranger Things, O Cristal Encantado e The Old Guard, além de ter lançado Bandersnatch, episódio jogável da série Black Mirror no qual o usuário pode controlar a história escolhendo as decisões do protagonista.

Fora do campo da interatividade, a empresa também vem investindo bastante em conteúdo focado nos games, como é o caso da série documental GDLK ou shows baseados em grandes nomes como The Witcher, Resident Evil e Castlevania, além de Minecraft, que também tem uma aventura jogável no serviço de streaming.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos