Mercado abrirá em 7 h 39 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,77
    +1,20 (+1,10%)
     
  • OURO

    1.826,60
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    20.762,21
    -418,10 (-1,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,67
    -10,12 (-2,19%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.037,72
    -191,80 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.963,16
    +91,89 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    12.035,25
    -5,25 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5405
    -0,0036 (-0,06%)
     

Netflix planeja investir em filmes mais caros e de maior qualidade

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Após perder mais de 200 mil assinantes no primeiro trimestre de 2022, a Netflix está recalculando a rota de suas produções originais. Com o lema "maior, melhor, menos", a empresa pretende fazer menos filmes, porém com maior qualidade.

De acordo com o The Hollywood Reporter, o streaming quer investir em obras robustas para reter o público e atrair novos assinantes. Ao invés de lançar um novo filme a cada semana, a marca investirá em mais tempo para entregar grandes produções, como a exemplo dos já lançados Não Olhe Para Cima, Alerta Vermelho e O Projeto Adam.

O copresidente executivo e diretor de criação da empresa, Ted Sarandos, comentou essa mudança de cenário:

"Apenas alguns anos atrás, estávamos lutando para monetizar o mercado em pequenos filmes de arte. Hoje, estamos lançando alguns dos filmes mais populares e assistidos do mundo.”

Sarandos ainda reforçou que criações como Agente Oculto e Entre Facas e Segredos 2 (que serão lançadas em 2022) podem ajudar a melhorar o número de assinantes.

O primeiro tem direção dos irmãos Anthony e Joe Russo, os mesmos que dirigiram Vingadores: Ultimato, e conta com um orçamento de mais de US$ 200 milhões (aproximadamente R$ 960 milhões). O filme chegará a cinemas selecionados em 15 de julho, e no dia 22 do mesmo mês já estará no catálago da Netflix.

Já o segundo filme da franquia Entre Facas e Segredos foi negociado por US$ 469 milhões (mais de R$ 2 bilhões) em março de 2021 e deve chegar ao streaming no final de 2022.

Filmes pequenos não vão desaparecer

A Netflix está abrindo mão da quantidade para investir na qualidade de suas produções. (Imagem:CardMapr.nl, Unsplash)
A Netflix está abrindo mão da quantidade para investir na qualidade de suas produções. (Imagem:CardMapr.nl, Unsplash)

Apesar de a Netflix querer investir em grandes projetos, nem todos seus produtos seguirão esse roteiro. A mudança pode ser sutil e, por exemplo, ao invés de produzir duas obras por US$ 10 milhões (R$ 48 milhões), fará uma por US$ 20 milhões (R$ 96 milhões). O objetivo é entregar a melhor versão de algo, ao invés de baratear por causa da quantidade.

Além disso, ao que tudo indica, os filmes pequenos podem se tornar mais nichados e atender a um tipo específico de público. Essas produções não dependerão de tantos executivos e, por isso, vão custar menos.

Perdas além dos assinantes

Com a perda dos assinantes, até abril de 2022 as ações da Netflix haviam caído mais de 40% em 2022. Diante dessa situação, a plataforma de streaming tomou algumas medidas de corte de custo, como a demissão de mais de 150 funcionários.

Além disso, alguns setores sofreram com redução de gastos, em especial a divisão de filmes voltados para família e a divisão de produções originais indie.

Clima de incerteza

Ao que tudo indica, este ainda é um momento incerto para a Netflix, que não está dando um direcionamento claro aos seus funcionários sobre as mudanças que virão.

Ao The Hollywood Reporter, um produtor da empresa afirmou que, em breve, conversas acontecerão com produtores e diretores sobre o tamanho e gêneros das obras. A única certeza é que o público pode esperar mudanças nos próximos lançamentos do streaming.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos