Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -0,21 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    24.348,59
    -150,85 (-0,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2028
    -0,1209 (-2,27%)
     

Netflix já perdeu 1,2 milhão de assinantes em 2022

Netflix perde 1 milhão de assinantes e acumula 1,2 milhão de perdas em 2022
Netflix perde 1 milhão de assinantes e acumula 1,2 milhão de perdas em 2022
  • A Netflix perdeu 970 mil assinantes no segundo trimestre de 2022;

  • A perda já é a maior da história da companhia de streaming;

  • De janeiro a março deste ano, outros 200 mil usuários deixaram a plataforma.

Conforme revelado pela Netflix em um balanço financeiro nesta terça-feira (19), a empresa perdeu 970 mil assinantes no segundo trimestre de 2022. A perda já é a maior da história da companhia de streaming, superando em quase 4 vezes o déficit registrado de janeiro a março deste ano, quando outros 200 mil usuários deixaram a plataforma.

Mesmo com as perdas acumulando 1,2 milhão nos primeiros 6 meses de 2022, a companhia ainda totaliza 220,67 milhões de assinantes em todo o mundo. O volume remanescente faz com que a gigante do streaming de séries e filmes afirme que os números são “melhor do que o esperado” na base de assinantes.

Essa alegação é reforçada pelo fato da receita da companhia ter aumentado de US$ 7,8 bilhões no início deste ano para US$ 7,9 bilhões no trimestre encerrado em junho.

Em documento enviado a investidores nesta terça, a companhia reforça que possui caixa para continuar investimentos bilionários, bem como lucro operacional de US$ 6 bilhões e receita de US$ 30 bilhões no último ano.

“Nosso desafio e oportunidade são acelerar nossa receita e crescer os assinantes enquanto continuamos melhorando nosso produto, conteúdo e marketing”, afirma a Netflix no documento enviado.

Para o semestre subsequente, de julho a setembro de 2022, a empresa projeta crescimento de 1 milhão de novos usuários, quase que recuperando a perda acumulada deste ano. No entanto, devido a valorização do dólar, a receita deve voltar para os US$ 7,8 bilhões registrados no primeiro trimestre. Isso porque, a alta da moeda prejudica o câmbio nas operações internacionais da empresa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos