Mercado abrirá em 7 h 45 min

Netflix libera novo trailer de documentário sobre Michael Schumacher

·2 minuto de leitura

A Netflix anunciou para o dia 15 de setembro o lançamento de Schumacher, documentário baseado na vida de um dos pilotos mais consagrados da Fórmula 1. A produção terá depoimentos de familiares e outros competidores da categoria, bem como dirigentes e executivos, para apresentar um olhar sobre a carreira e a vida do competidor sete vezes campeão mundial e detentor de diversos recordes.

O trailer já mostra um pouco do que dá para esperar, com cenas da intimidade de Schumacher, ao lado da esposa e dos filhos, assim como imagens raras de suas origens no kart. Como não poderia deixar de ser, o documentário chega à Fórmula 1, onde o piloto alemão chamou a atenção desde sua estreia, há 30 anos, e a passagem estrelada pela Ferrari, escuderia pela qual conquistou cinco campeonatos consecutivos e quebrou um jejum de mais de 20 anos sem um título.

Nomes como seu filho Mick Schumacher, que também compete na temporada 2021 da Fórmula 1, e o piloto Sebastian Vettel estão entre os confirmados no documentário. O pai, Rolf Schumacher, e a esposa, Corinna Betsch, também participam da produção, que deve contar ainda com Bernie Ecclestone, o antigo chefão da Fórmula 1; Flavio Briatore, ex-diretor da Benetton, equipe pela qual o atleta conquistou seu primeiro título; e tantos outros.

A data escolhida também não é por acaso. O dia 15 de setembro marca a estreia de Michael Schumacher na Fórmula 1, no Grande Prêmio da Bélgica, no circuito de Spa-Francorchamps. Lá, ele largou em sétimo, repetindo a melhor posição da equipe Jordan naquela temporada, mas precisou abandonar a corrida após problemas com a embreagem. Ainda assim, o desempenho foi suficiente para que ele obtivesse um contrato com a escuderia.

Os principais recordes do piloto, com 91 vitórias e 68 pole positions na carreira, só foram batidos recentemente pelo inglês Lewis Hamilton. Schumacher se aposentou da Fórmula 1 em 2006, mas retornou em 2010 dirigindo pela Mercedes ao lado do mais tarde campeão mundial Nico Rosberg. Sua passagem pela Fórmula 1 foi definitivamente encerrada em 2012. No ano seguinte, ele sofreu um grave acidente de esqui e até hoje está longe dos olhos do público, em recuperação.

A direção é dos cineastas alemães Hanns-Bruno Kammertöns, Vanessa Nöcker e Michael Wech, que também já trabalharam juntos em documentários sobre o jogador de tênis Boris Becker. Apesar de não ser uma produção original, Schumacher será exclusivo da Netflix, que adquiriu os direitos globais de distribuição do documentário.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos