Mercado fechará em 5 h 39 min
  • BOVESPA

    107.909,78
    +1.437,86 (+1,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.228,46
    +505,03 (+1,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,02
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.800,20
    +9,00 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    24.148,32
    +991,82 (+4,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    563,81
    +20,94 (+3,86%)
     
  • S&P500

    4.179,85
    +34,66 (+0,84%)
     
  • DOW JONES

    33.073,68
    +270,21 (+0,82%)
     
  • FTSE

    7.504,52
    +64,78 (+0,87%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.388,50
    +159,75 (+1,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2211
    -0,0455 (-0,86%)
     

Netflix cria link externo para fugir de 'imposto da apple'

Netflix quer driblar as taxas cobradas pela loja da Apple (Getty Image)
Netflix quer driblar as taxas cobradas pela loja da Apple (Getty Image)
  • Netflix cria link externo para quem quer assinar o serviço

  • A ideia é não pagar os 30% cobrado pela plataforma de app da Apple

  • Companhia se beneficia por ter a confiança dos consumidores

Para fugir da taxa cobrada pela fabricante do iPhone, a Netflix decidiu adotar uma nova estratégia: a empresa passou a oferecer um link externo para que os usuários possam assinar o serviço de streaming sem passar pela loja App Store, da Apple.

De acordo com o Te Verge, medida é uma forma de driblar o "imposto da Apple". Na prática, a companhia cobra uma comissão de até 30% pelos aplicativos disponibilizados na plataforma.

O valor diminuía para 15% no caso de assinaturas recorrentes após um ano. Por causa dessas regras, algumas desenvolvedoras de aplicativos começaram a mostrar insatisfação por considerar essas porcentagens altas.

Na medida testada pela Netflix, o app do serviço de streaming permite que o usuário crie uma assinatura nova, mas, para isso, oferece um link externo ao da App Store. No momento em que alguém clica no link, surge um aviso da fabricante que diz: "você está prestes a deixar o aplicativo e ir a um website externo. Você não estará mais transacionando com a Apple".

Esse aviso serve para deixar claro que a Apple não se responsabiliza pelos negócios feitos fora da loja específica do equipamento. Como a Netflix é uma marca conhecida e vista como confiável, o público não tem problema em navegar no site oficial da empresa.

Nessa tática para escapar do "imposto", quem desejar fazer a assinatura usando um iPhone ou iPad, é direcionado para fazer o cadastro diretamente no site da Netflix.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos