Mercado fechará em 5 h 20 min
  • BOVESPA

    100.507,52
    +1.835,27 (+1,86%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.775,34
    +33,84 (+0,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,15
    +0,53 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -2,60 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    20.698,14
    -732,79 (-3,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,08
    -10,72 (-2,32%)
     
  • S&P500

    3.906,15
    -5,59 (-0,14%)
     
  • DOW JONES

    31.479,74
    -20,94 (-0,07%)
     
  • FTSE

    7.236,76
    +27,95 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.055,50
    -85,00 (-0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5309
    -0,0215 (-0,39%)
     

Nestlé é advertida pelo Conar por suposta propaganda abusiva de KitKat

Nestlé alega não ter patrocinado o material  (REUTERS/Hannah McKay/Photo Illustration)
Nestlé alega não ter patrocinado o material

(REUTERS/Hannah McKay/Photo Illustration)

  • Nestlé é advertida pelo Conar junto com youtuber Enaldinho;

  • Influenciador publicou vídeo em que consome 16 KitKats;

  • Conar alega que conteúdo mostra consumo excessivo e que empresa tem poder para tirá-lo do ar.

A Nestlé e o youtuber Enaldinho receberam uma advertência do Conar (Conselho Nacional de Autorregulagem Publicitária) depois que o influenciador divulgou, em seu canal, uma propaganda da marca de chocolates KitKat.

No vídeo, Enaldinho e um amigo apostam quem consegue comer mais. Além de outros alimentos, eles consomem cerca de 16 KitKats. "Estou cheio, mas Kitkat é tão bom que eu não consigo parar", diz o convidado do youtuber.

De acordo com o Conar, houve um incentivo exagerado no consumo de um produto não saudável e faltou sinalizações a respeito do vídeo se tratar ou não de uma publicidade.

Em resposta, a Nestlé alegou que não patrocinou o material e que "possui rígidos critérios para a produção de conteúdos relacionados às suas marcas". Ainda assim, o Conar entende que a empresa tem o poder de retirar o conteúdo do ar, uma vez que está relacionado a ela mesmo sem haver envolvimento comercial.

Biscoito de mel sem mel

A Nestlé também foi notificada pela Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) devido a uma suposta propaganda enganosa que envolve os biscoitos de mel da empresa. De acordo com uma denúncia do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), não há mel nos produtos.

A gigante tem 10 dias úteis para prestar esclarecimentos e provar que o uso das imagens nas embalagens tem relação com os ingredientes utilizados. Segundo a Senacon, a Nestlé deve "oferecer as informações adequadas aos consumidores, em especial sobre a quantidade de açúcares adicionados e açúcares totais, conforme regulamentação de rotulagem nutricional de alimentos embalados determinada pela Anvisa”.

Serão analisados os seguintes produtos: Aveia e Mel; Nesfit Leite e Mel; Nesfit Cookie Cacau, Aveia e Mel; e Nesfit Matinal Mel com Amêndoas. As informações são do UOL.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos