Nestlé recolhe produtos na Espanha e Itália por conter carne de cavalo

Redação Central, 19 fev (EFE).- A multinacional suíça Nestlé recolheu dois produtos da marca na Espanha e Itália após ter detectado traços de DNA de cavalo superiores a 1%, informou a companhia.

Em comunicado divulgado nas últimas horas, a Nestlé explica que decidiu suspender a distribuição de todos os produtos elaborados com carne fornecida pela empresa alemã H.J. Schypke, subcontratada da Nestlé JBS Toledo NV, uma subsidiária do grupo brasileiro JBS.

"Nossos testes encontraram traços de DNA de cavalo" acima de 1%, nível que a Agência de Padrões Alimentícios do Reino Unido (FSA, em inglês) considera um indicador de "adulteração ou grave negligência", indica a nota emitida pela Nestlé.

A multinacional assegura que não se trata de uma questão de segurança alimentar, mas acrescenta que o erro demonstra que os produtos "não reúnem as exigências de qualidade que os consumidores esperam de nós".

Nas últimas semanas foi descoberto o uso de carne de cavalo em vez de carne bovina em alimentos comercializados em diversos países europeus, entre eles Alemanha, França e Reino Unido, o que levou ao recolhimento de vários produtos. EFE

Carregando...