Mercado fechado

Nave da NASA que vai colidir com asteroide envia imagens antes do impacto

Didymos e Dimorphos vistos pelo DART (Credits: NASA JPL DART Navigation Team)
Didymos e Dimorphos vistos pelo DART (Credits: NASA JPL DART Navigation Team)
  • Teste de Redirecionamento de Asteroides será posto em prática pela NASA;

  • Dart entrará em contato com o asteroi de Dimorphos;

  • Dimorphos é acompanhado por um irmão maior, Didymos.

O Teste de Redirecionamento de Asteroides Duplos da Nasa, ou Dart, retornou sua primeira imagem do asteroide Dimorphos, uma rocha espacial com a qual a missão está destinada a colidir em menos de um mês.

Tirada a cerca de 32 milhões de quilômetros de distância, a imagem mostra o pequeno asteroide Dimorphos e seu companheiro, o grande Didymos, que tem cerca de 800 metros de diâmetro. Dimorphos orbita Didymos, e os dois juntos orbitam o Sol em um caminho que às vezes os aproxima da Terra, mas nunca perto o suficiente para ameaçar nosso planeta.

A imagem é um mosaico composto por 240 fotos tiradas no dia 27 de julho, mas a composição inteira só foi divulgada pela NASA na última quarta-feira (07). Nela, ambos aparecem como meros pontos de luz no Didymos Reconnaissance e Asteroid Camera for Optical Navigation da sonda Dart, ou como também é conhecido, instrumento Draco.

“Este primeiro conjunto de imagens está sendo usado como um teste para provar nossas técnicas de imagem”, disse Elena Adams, engenheira de sistemas da missão DART no Laboratório de Física Aplicada (APL) da Johns Hopkins.

“A qualidade da imagem é semelhante ao que poderíamos obter de telescópios terrestres, mas é importante mostrar que Draco está funcionando corretamente e pode ver seu alvo para fazer os ajustes necessários.”

Lançada em 24 de novembro de 2021, a missão de Dart é se encontrar com o par de asteroides a cerca de 10,8 milhões de milhas da Terra e colidir com Dimorphos a cerca de 14.000 milhas por hora para ver o quanto o impacto pode mudar a órbita do asteroide menor em torno de Didymos.