Mercado abrirá em 2 h 11 min

Nave da Boeing que levará astronautas dos EUA à ISS passa por teste de segurança

Felipe Junqueira

A Boeing prepara o primeiro lançamento de sua nave CST-100 Starliner para dezembro, e corre para realizar todos os testes em tempo. Nesta segunda-feira (4), foi feito um teste para verificar se o sistema de abortagem está pronto para garantir a segurança da nave e de sua tripulação caso haja problemas durante o lançamento.

Foram precisos apenas 95 segundos para testar se a cápsula consegue chegar intacta ao solo em uma situação de emergência. Ou seja, foi um teste de abortamento da missão, que aciona um sistema emergencial para a eventualidade de o foguete se separar da cápsula ou apresentar algum outro defeito durante a decolagem.


Para isso, um sistema de paraquedas foi instalado, além de um airbag que se abre na parte de baixo. Assim, a nave perde velocidade enquanto cai, além de ter uma aterrissagem suave. Um dos paraquedas não se abriu, mas os dois restantes deram conta do recado durante este teste. A nave se separa do foguete com um motor de propulsão que vai levá-la a uma distância segura antes de acionar os “freios” para a queda.

A Starliner foi desenvolvida para levar até sete pessoas para a ISS e depois trazê-las de volta à Terra. Resta saber, agora, se a falha em um dos paraquedas vai atrasar o cronograma, ou se a previsão do primeiro lançamento orbital para dezembro será mantida.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: