Mercado fechado

Nave Crew Dragon é testada novamente após explosão; desta vez, passou no teste

Daniele Cavalcante

A SpaceX realizou com sucesso nesta quarta-feira (13) o teste estático de ignição dos motores da nave Crew Dragon. Os motores SuperDraco fazem parte do sistema de abortamento de lançamento, que tem como objetivo colocar a cápsula a uma distância segura do foguete caso surja algum problema durante o lançamento, protegendo a vida dos tripulantes.

Com isso, a SpaceX deu mais um passo fundamental em seu cronograma, especialmente desde que houve uma explosão quando a empresa realizou o mesmo teste em abril. Após investigação, a SpaceX e a NASA identificaram a causa do incêndio, e várias alterações foram realizadas na Crew Dragon, tais como a substituição de válvulas por discos de ruptura.

O teste desta quarta-feira foi o primeiro disparo em grande escala de todos os oito SuperDraco da Crew Dragon, ao mesmo tempo, desde o incidente de abril. Durante o teste de disparo estático, a cápsula ligou os motores como se estivesse executando uma manobra de abortamento para se afastar do foguete em caso de problemas que colocassem a vida de astronautas em risco. Com o sucesso do teste, a empresa prova que a falha de abril foi, de fato, resolvida.

No entanto, pelo Twitter, a SpaceX afirmou que as análises dos dados deste novo teste ainda estão em andamento. Supondo que os resultados saiam conforme o planejado, a SpaceX avançará com mais testes rumo à certificação da Crew Dragon para que, enfim, seja liberada para iniciar voos espaciais com humanos a bordo.


No próximo teste, a Crew Dragon deverá simular um abortamento escapando de um foguete Falcon 9 durante o momento em que as pressões aerodinâmicas estiverem ao máximo. Se bem sucedido, o teste validará a capacidade de a Crew Dragon abortar um voo nas situações mais perigosas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: