Mercado abrirá em 5 h 58 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,56
    +0,09 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.889,70
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    22.615,45
    -617,96 (-2,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    520,88
    -16,01 (-2,98%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.521,00
    +237,48 (+1,12%)
     
  • NIKKEI

    27.589,84
    -16,62 (-0,06%)
     
  • NASDAQ

    12.600,75
    +55,50 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5769
    +0,0095 (+0,17%)
     

Naughty Dog define nova estratégia para anúncio de jogos

O período entre o anúncio de um game e seu lançamento pode mudar para os próximos títulos em desenvolvimento pela Naughty Dog. É o que afirma o diretor criativo do estúdio, Neil Druckmann, indicando que o prazo longo entre a revelação de games como Uncharted 4: A Thief’s End e The Last of Us Parte 2 tiveram impactos significativos nos trabalhadores da empresa, principalmente no que toca a relação entre trabalho e vida pessoal.

A declaração veio em uma entrevista de divulgação da série de The Last of Us, que estreia neste fim de semana na HBO Max, e pode resultar em fãs esperando mais tempo pelos próximos projetos da companhia.

Druckmann não falou no tradicional crunch, período de trabalho pesado e com muitas horas extras pelo qual a Naughty Dog chegou a ser criticada nos últimos anos, mas disse que a ideia, de agora em diante, é trabalhar melhor com o calendário e o processo de produção em si.

De acordo com ele, é notório que um anúncio antecipado gera expectativa e movimenta os fãs das franquias da empresa, mas, ao mesmo tempo, um intervalo menor permite que o desenvolvimento siga de maneira mais consciente e menos atribulada. Novamente, Druckmann não entra em detalhes, mas a ideia de adiamentos ou adiantamentos na data de lançamento pode ter menos impacto quando ninguém, além da própria companhia, sabe qual é a previsão original de chegada do game.

<em>Arte conceitual de Facções, multiplayer de The Last of Us Parte 2 "promovido" a jogo individual, marcou primeira novidade sobre o título em mais de seis meses; ideia da Naughty Dog é reduzir intervalo entre anúncios e lançamento de jogos (Imagem: Divulgação/Sony)</em>
Arte conceitual de Facções, multiplayer de The Last of Us Parte 2 "promovido" a jogo individual, marcou primeira novidade sobre o título em mais de seis meses; ideia da Naughty Dog é reduzir intervalo entre anúncios e lançamento de jogos (Imagem: Divulgação/Sony)

É curioso notar que a Naughty Dog se encontra em um ciclo exatamente assim no momento, relacionado ao multiplayer Facções de The Last of Us Parte 2. O modo que deveria ter sido parte do pacote original do game virou uma experiência individual e maior, anunciada oficialmente em junho de 2022 — desde então, porém, a produtora quase não falou mais no assunto, enquanto o título tem previsão de lançamento para este ano, mas sem uma data precisa ainda. A notícia mais recente, a primeira desde a revelação, veio na última semana com a divulgação de uma arte conceitual, apenas.

Segundo Druckmann, além do multiplayer, a Naughty Dog tem mais um projeto em andamento, que ainda não foi revelado e sobre o qual a equipe de desenvolvimento está bastante empolgada. Não se sabe se estamos falando de um novo Uncharted, The Last of Us ou algo completamente inédito, como rumores ainda não confirmados já indicaram.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: