Mercado abrirá em 5 h 2 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,53
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.892,80
    +2,10 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    22.703,46
    -499,54 (-2,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,96
    -13,93 (-2,59%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.577,48
    +293,96 (+1,38%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.603,75
    +58,50 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5799
    +0,0125 (+0,22%)
     

Naufrágio de cargueiro no Japão deixa 2 mortos e 9 desaparecidos

Bote salva-vidas perto do local em que cargueiro afundou na costa do Japão

TÓQUIO (Reuters) - Treze tripulantes foram resgatados de um cargueiro que afundou no sudoeste do Japão na manhã desta quarta-feira durante fortes ventos de inverno, mas dois morreram desde então, informou a guarda costeira.

As equipes de resgate estavam procurando os nove restantes.

O "Jintian" de 6.651 toneladas, registrado em Hong Kong, emitiu um pedido de socorro na noite de terça-feira, segundo a Guarda Costeira do Japão.

A mídia informou que uma pessoa no navio disse que ele estava inclinando e afundando na água, e, de acordo com relatos posteriores, 22 tripulantes - todos chineses ou cidadãos de Mianmar - foram transferidos para botes salva-vidas.

Não houve informações imediatas sobre o que causou o naufrágio da embarcação, que transportava madeira. Um porta-voz da Guarda Costeira disse que os ventos estavam fortes na ocasião.

A Guarda Costeira imediatamente procurou ajuda de navios de patrulha e aeronaves nas proximidades a oeste de Nagasaki, afirmou o porta-voz do governo Hirokazu Matsuno.

O navio afundou às 2h46 (14h46 de terça-feira no horário de Brasília), acrescentou ele, citando outras embarcações na área.

A Guarda Costeira "também está buscando a cooperação das Forças de Autodefesa, da Guarda Costeira sul-coreana e das embarcações que navegam perto das águas", disse Matsuno a repórteres.

As partes ocidentais do Japão foram atingidas por tempestades de inverno que levaram condições de vento e congelamento na terça-feira.

A área onde o navio afundou fica entre Nagasaki e a ilha de Jeju, na Coreia do Sul, onde centenas de voos foram cancelados na terça-feira devido ao mau tempo.

Um navio encalhou por causa do vento forte nas ilhas de Okinawa, no sul do Japão, na terça-feira. Os 19 tripulantes foram resgatados, informou a mídia.

(Reportagem de Mariko Katsumura, Kaori Kaneko e Chang-Ran Kim e Satoshi Sugiyama)