Mercado fechará em 2 h 43 min

Natura integra serviço de compras por voz no Google Assistente

Rui Maciel
·3 minuto de leitura

A Natura anunciou nessa semana que lançou uma ferramenta de comércio por voz, a partir de uma parceria com o Google Assistente. Com essa integração, será possível realizar busca por produtos, adicioná-los ao carrinho e finalizar a compra por meio do pagamento via boleto. A ativação dessas ações deve ser feita a partir do comando: "Ok Google, falar com Natura".

De acordo com a empresa de cosméticos, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais usuários ativos no Google Assistente. Uma pesquisa realizada pela Kantar, em parceria com o próprio Google, aponta que 37% dos brasileiros usam o Google Assistente ao menos, três vezes por semana, sendo que 21% deles o utilizam diariamente. O assistente de voz já está presente em um bilhão de dispositivos, entre smartphones, smartTVs e alto-falantes inteligentes, em mais de 90 países.

Agora é possível comprar produtos da Natura via Google Assistente de Voz (Captura de Imagem: Rui Maciel)
Agora é possível comprar produtos da Natura via Google Assistente de Voz (Captura de Imagem: Rui Maciel)

A Natura informou que, inicialmente, o serviço de compra via voz estará disponível apenas no Brasil. No entanto, planeja expandi-lo para outros países onde a marca mantém suas operações. Além disso, o uso do recurso está limitado aos smartphones, mas já há planos de utilizá-lo em outros dispositivos ontem o Google Assistente está presente.

Laboratório de Inovação

Desenvolvida pelo Innovation Lab, unidade que faz parte da área de Inovação Digital da Natura, o comércio por voz da marca com o Google Assistente é responsável por conectar o usuário ao e-commerce da Natura por meio de APIs e a ferramenta Dialogflow, uma solução da divisão de serviços da nuvem do Google, o Google Cloud, que usa inteligência artificial para criar experiências de conversação mais amplas.

Segundo Agenor Leão, vice-presidente da plataforma de negócios da Natura, as ferramentas ativadas por voz têm diversas vantagens, como serem mais simples e rápidas para o ser humano, além de terem potencial inclusivo para diversos perfis de pessoas e não necessitarem do download de nenhum aplicativo para a maioria dos smartphones Android. "A experiência de comércio por voz é ainda uma ferramenta muito nova tanto para empresas quanto para consumidores", disse o executivo. "Por isso, nosso foco é seguir ampliando a utilização em nosso negócio, seja acelerando outros caminhos, seja pela criação de novos serviços e experiências para toda a nossa rede e seus diferentes públicos".

Será possível realizar busca por produtos, adicioná-los ao carrinho e finalizar a compra por meio do pagamento via boleto (Captura de Imagem: Rui Maciel)
Será possível realizar busca por produtos, adicioná-los ao carrinho e finalizar a compra por meio do pagamento via boleto (Captura de Imagem: Rui Maciel)

Além disso, a empresa já tem planos de expandir a sua solução de comércio por voz. A marca tem feito investimentos contínuos em tecnologias do gênero e já disponibilizou assistentes de voz para outros de seus serviços, como a experiência de Meditação Natura, que pode ser acionado pelo Amazon Alexa e pelo Google Assistente, disponíveis em português, espanhol e inglês.

Foco no diálogo

Além da Natura, a Dialogflow vem marcando presença em outras empresas, principalmente naquelas que precisam interagir diariamente com seus clientes.

Uma delas é a AeC. A empresa mineira de soluções em contact center afirma que dobrou o número de atendimentos feitos de maneira automatizada a partir da ferramenta. Neste ano, a companhia realizou 55 milhões de interações digitais e 8 milhões de atendimentos neste formato, duas vezes mais do que o registrado no mesmo período de 2019

Já a B2W (controladora da Americana.com, Submarino e Shoptime) adotou o Dialogflow para permitir que seu assistente virtual tenha uma interação mais natural e rica com seus clientes, dentro dos canais de suporte. A empresa utiliza IA como um complemento ao trabalho dos funcionários, permitindo-lhes maior tempo para realizar atividades mais estratégicas.

Já o Hospital das Clínicas (HC-SP) desenvolveu um assistente de voz baseado no DialogFlow e Speech API, que gerencia o fluxo de agendamento de consultas, exames e remédios para reduzir as pessoas que precisam comparecer pessoalmente, reorientando recursos nos esforços para combater a COVID-19.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: